Quinta etapa da Stock Car tem vitórias de Marcos Gomes e Átila Abreu

São Paulo, SP

20-05-2018 17:34:26

Neste domingo, foi encerrada a primeira fase do calendário da Stock Car, em prova realizada na cidade de Santa Cruz do Sul. A quinta etapa da competição teve como grande vencedores os paulistas Marcos Gomes (Cimed) e Átila Abreu (Shell), dividindo as vitórias na rodada dupla. O calendário será movimentado apenas dia 5 de agosto, com a Corrida do Milhão programada para Goiânia.

Além da excelente corrida dos paulistas, os outros destaques no interior gaúcho foram o líder da competição Daniel Serra (RC), que ampliou a vantagem na ponta da tabela com um segundo e um quinto lugares, e também Julio Campos (Prati-Donaduzzi), que conseguiu entrar no Top 5 do campeonato graças a um 4º e um 9º e, com isso, está a apenas dois pontos do terceiro colocado da Stock Car.

Após a prova realizada no Rio Grande do Sul, Campos ficou contente com a escalada na classificação geral, mas lamentou o incidente ainda na primeira curva da bateria inicial. “Nós Sabemos que nosso carro está competitivo. Mas levei uma batida do Serra que fez meu carro vibrar durante todo o tempo. Acredito que ele tenha calculado mal. Ele me acertou, retornou,  e aí bateu de novo e foi me empurrando até meu carro chegar na grama. A direção de prova não fez nada, ela que costuma punir coisas menores. Mas isso acontece, vamos para a próxima corrida porque não sou de ficar chorando”.

“Ficou muito dianteiro. Algo começou a vibrar e ficou assim o tempo todo, mesmo depois da troca dos pneus externos nas duas corridas. Então, provavelmente danificou alguma coisa no carro, talvez o splitter dianteiro que estava batendo muito. Tiramos dois graus de asa na corrida 2 e o carro continuou saindo de frente. Na verdade, já devíamos estar andando por aí desde o ano passado, mas tivemos alguns pequenos problemas durante essa trajetória. Agora estamos mais fortes e no lugar que deveríamos estar”, finalizou o piloto paranaense.

Já Antonio Pizzonia se envolveu em um choque na primeira curva da primeira bateria, retornou aos boxes com a suspensão esquerda traseira danificada e isso fez com que o piloto do Amazonas perdeu qualquer chance de sair do Rio Grande do Sul com um bom resultado. O esforço da equipe na recuperação dos danos foi parcialmente recompensado com o 12º lugar na corrida 2. “Acho que 2018 vem sendo o ano mais difícil para mim desde que ingressei na Stock Car. Hoje, mais uma vez, fiquei com as provas comprometidas por causa do acidente. Vamos ver se a sorte na competição muda para mim no segundo semestre".

O diretor-técnico da Prati-Donaduzzi, Rodolpho Mattheis elogiou a eficiência dos mecânicos nos pit stops e a clara evolução da equipe na temporada. “Os meninos trabalharam novamente muito bem. Terminar esta parte do calendário com o 5º entre os pilotos e 6º na disputa das equipes faz com que a gente tenha uma enorme confiança para a segunda metade da competição”.

Confira a classificação atualizada do campeonato:

1 – Daniel Serra, 152

2 – Marcos Gomes, 109

3 – Felipe Fraga, 91

4 – Max Wilson, 90

5 – Julio Campos, 89

6 – Rubens Barrichello e Cacá Bueno, 80

8 – Lucas di Grassi, 68

9 – Thiago Camilo, 68

10 – Átila Abreu, 65

Deixe seu comentário