Pela primeira vez nas 24 horas de Le Mans, Kanaan se sente um novato

São Paulo, SP

15-06-2017 18:00:51

Aos 42 anos, o veterano da Fórmula Indy Tony Kanaan declarou que ainda se sente como novato quando o assunto é Le Mans. Sua equipe, a Chip Ganassi Racing vai competir pela primeira vez na disputa francesa das 24 horas. Além da pressão por participar da competição, Kanaan ainda entrará em pista substituindo o francês Sebastien Bourdais. Para o desafio, o piloto conta com a ajuda do parceiro Scott Dixon, que participou da disputa em 2016.

“Eu sou um novato, por isso eu faço o que eles me pedirem”, declarou o piloto em tom de brincadeira ao portal da Indy Car. “Neste ponto da minha carreira, ser um novato até que soa ok”, continuou.

Kannan entrou na competição depois do acidente de Bourdais, que fraturou o quadril e a pélvis em acidente nas qualificações de Indianápolis. Para se preparar para a corrida, o brasileiro passou boa parte de seu tempo correndo em simuladores e assistindo vídeos de corridas anteriores. Ele também tem a ajuda de Dixon. “Scott provavelmente não teve ajuda de ninguém no ano passado, mas ele tem me apoiado muito”, contou.

“Eu fiquei com inveja, de uma boa maneira, assistindo a prova do ano passado”, contou. “Eu não estou tentando mostra o que posso, eles sabem o que eu consigo fazer. Só preciso fazer meu trabalho”.

Ansioso para a nova experiência, o brasileiro sabe que terá que vencer seus medos e adversários. “A coisa assustadora é a responsabilidade de não decepcionar o pessoal”, concluiu.

Deixe seu comentário