Motor/Fórmula 1

Novato, Hartley quer pontuar pela primeira vez em sua estreia no Brasil

Marcelo Baseggio - São Paulo , SP
10/11/2017 08:00:20

Em: Fórmula 1, Mais Esportes, Motor

Na dança das cadeiras da Toro Rosso que aconteceu neste ano, Brendon Hartley foi o mais beneficiado. O neozelandês disputará no próximo domingo, em Interlagos, seu terceiro GP de Fórmula 1 após Pierre Gasly abrir mão do posto deixado por Carlos Sainz, novo piloto da Renault, para disputar o título da Super Fórmula, no Japão. Agora, apesar de sua inexperiência, o neozelandês quer marcar seus primeiros pontos na categoria competindo no Brasil, meta um tanto quanto ousada levando em conta o desempenho oscilante da escuderia italiana ao longo do ano.

“Acho que como piloto você tenta o máximo em qualquer situação e sei que para esse fim de semana eu tenho o compromisso de pontuar pela primeira vez na Fórmula 1. Isso seria celebrado. Tive muito o que aprender e vários pequenos objetivos para atingir. Posso garantir que cada pessoa na Toro Rosso está trabalhando o máximo possível durante os fins de semana”, disse Hartley.

Neste ano Brendon Hartley entrou em ação pela primeira vez na F1 no GP dos EUA, em Austin. Foi justamente no traçado texano que o piloto neozelandês sofreu seu primeiro baque dentro do carro de corrida mais veloz do planeta. Acostumado a competir no Mundial de Endurance com a Porsche, ele relembrou a sensação inédita e se mostrou bastante surpreso com a potência da Toro Rosso, embora não seja a equipe mais forte do grid.

“Não corri em nenhum Grande Prêmio no ano passado, mas ao menos estive no paddock, então isso tudo era um pouco familiar para mim. Acho que em Austin foi um grande choque para mim por conta da alta velocidade do circuito. Foi chocante ver o quão rápido os carros andavam na pista, levou um tempo para eu ganhar confiança. Para os pilotos que correm fim de semana após afim de semana isso pode parecer besteira, mas para mim foi um choque”, prosseguiu.

No último fim de semana, porém, Hartley fez o caminho inverso. Deixou um pouco de lado a Fórmula 1 para disputar o Mundial de Endurance, no qual se sagrou campeão com a Porsche, em Xangai, na China.

“Surpreendentemente, eu demorei um pouco para voltar ao normal no carro de endurance. É complicado, porque tem suas diferenças, mas depois de algumas voltar pude me reacostumar. Foi um fim de semana positivo com o título no final”, completou.

Cheio de ambição para o fim de semana no Brasil, Brendon Hartley terá de superar a falta de experiência e surpreender a todos em sua estreia em Interlagos caso realmente queira confirmar o que externou na coletiva de imprensa desta quinta-feira. A partir das 10h (de Brasília) desta sexta todos os pilotos entrarão em ação para o primeiro treino livre no circuito paulistano. Na parte da tarde haverá outra prática, a exemplo da manhã do sábado. O treino classificatório acontece ainda no sábado às 14h, mesmo horário da corrida, no domingo.