Piloto da Manor pode se despedir da Fórmula 1 por falta de patrocínios

São Paulo, SP

25-07-2016 11:54:53

Rio Haryanto corre o risco de perder seu lugar na Manor como piloto titular. O indonésio ainda luta para arrecadar novas verbas de patrocínio que o garantam na Fórmula 1 até o final da temporada. Após a quantia das empresas trazidas pelo jovem de 23 anos chegar ao fim no GP da Hungria, no último fim de semana, havia a dúvida se ele iria às pistas no próximo domingo, na Alemanha.

O empresário de Rio Haryanto, Piers Hunnisett, acredita em um final feliz e aposta que o piloto conseguirá novos patrocínios que o banquem até o fim da atual temporada. Diante da falta de competitividade do seu carro, o piloto da Indonésia vem acumulando uma série de resultados ruins com sua equipe e, segundo seu agente, seria ideal que recebesse uma dispensa do GP da Alemanha para trabalhar na busca por novas quantias milionárias.

“Espero que esse seja o caso. Na minha mente seria um plano lógico (conseguir a dispensa) já que haverá três semanas de intervalo a seguir. É isso que estou pensando e é isso que espero que a equipe esteja pensando, assim eles nos dariam mais tempo”, afirmou.

Já o diretor da Manor, Dave Ryan, citou o vínculo de Rio com a equipe para indicar que o indonésio tem grandes chances de permanecer na Fórmula 1. Segundo ele, está nas mãos do indonésio sua continuidade na principal categoria do automobilismo mundial.

“O que você tem que lembrar é que Rio tem contrato conosco até o fim da temporada e está nas mãos deles honrar o contrato. Estamos dando a eles a oportunidade de fazer isso e trabalhando com eles para que isso seja feito. Queremos Rio no carro, uma vez que ele acrescenta ao time, e gostaríamos de seguir o projeto”, pontuou.

Caso Rio Haryanto não consiga os patrocínios necessários para se bancar na Fórmula 1, ele deverá ser substituído por Stoffel Vandoorne, piloto de testes da McLaren e apontado por muitos como uma das principais promessas da categoria. Sobre as especulações, o porta-voz da McLaren afastou a chance da equipe se desfazer do piloto belga.

“Como Ron (chefe de equipe da McLaren) já disse, Stoffel é parte da família McLaren. De qualquer maneira, não nos surpreende que outras equipes na Fórmula 1 estejam interessadas nele, porque obviamente é muito talentoso e capaz. Mas no que diz respeito ao rumor, é só um rumor, nada mais”, concluiu.

Deixe seu comentário