Hungria avisa F1 que pode multar e até prender quem descumprir medidas contra coronavírus

AFP - São Paulo,SP

11-07-2020 22:43:10

Os deslocamentos de cidadãos britânicos e pessoas de países de fora da União Europeia (UE) e do Espaço Econômico Europeu (EEE) presentes em Budapeste na próxima semana para o Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1 foram limitados pelas autoridades, foi informado neste sábado.

"Os participantes de nacionalidade britânica ou de outros países que não são membros da UE ou do EEE não deverão deixar o circuito para seu alojamento por qualquer motivo, exceto para se deslocar entre esses dois locais e para chegar ou sair da Hungria", disse uma nota do delegado covid-19 da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

Esses cidadãos não poderão "usar o transporte público e os táxis" e devem fazer suas refeições apenas no circuito ou em suas acomodações.

"O não cumprimento dessas restrições será sancionado pelas autoridades húngaras e poderá resultar em sentença de prisão e/ou multas que podem chegar a 15.000 euros (16.934 dólares)", acrescentou o texto.

A Hungria avisou a Fórmula 1 que pode multar e até prender quem descumprir medidas contra coronavírus (Foto: Leonard Foeger/AFP)

Grande parte do paddock é originária da Grã-Bretanha, onde sete das dez escuderias estão localizadas.

Também foram feitas recomendações a todos os membros participantes da UE ou do EEE "com o objetivo de mostrar claramente a vontade de todas as partes e participantes em respeitar as medidas que o governo húngaro estabeleceu para o desenvolvimento do evento e evitar qualquer confusão dentro da população local".

A temporada da F1 começou com mais de três meses de atraso no dia 5 de julho, no Red Bull Ring, em Spielberg, na Áustria, em dois GPs consecutivos em duas semanas, seguida pela corrida na Hungria, em 19 de julho.

Para limitar os riscos de contaminação em plena pandemia de coronavírus, o paddock foi concebido como uma bolha isolada ao máximo do mundo exterior.

Os participantes também serão divididos em subgrupos fechados. Cada um dos participantes deve ser testado a cada cinco dias, deve usar uma máscara e respeitar uma distância física de dois metros.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário