Gazeta Esportiva

Hamilton voa no fim e lidera primeiro treino livre para o GP de Cingapura

São Paulo, SP

30/09/22 | 08:29 - 30/09/22 | 08:45

O piloto da Mercedes, Lewis Hamilton, liderou pela primeira vez na temporada um treino livre da Fórmula 1. No primeiro teste para o GP de Singapura, a 17ª etapa deste ano, o heptacampeão voou a quatro minutos do fim para anotar o o tempo de 1:43.033 e ficar com o primeiro lugar.

Na segunda posição, ficou o holandês Max Verstappen, da Red Bull, que dominou boa parte da sessão, mas foi superado no fim. Na sequência, Charles Leclerc, da Ferrari, terminou em terceiro.

Em quarto e quinto lugar, ficaram Sergio Pérez, da Red Bull, e George Russel, da Mercedes. O outro piloto da Ferrari, Carlos Sainz, encerrou na sexta colocação.


Ainda nesta sexta-feira, os pilotos retornam às pistas para o segundo treino livre em Marina Bay. A sessão está marcada para as 10 horas (de Brasília).

No sábado, está marcado o terceiro e derradeiro treino livre, às 7 horas, antes do treino classificatório, às 10h. Já a corrida acontece no domingo, às 9 horas.

No Grande Prêmio de Singapura, o líder desta edição da F1 com 335 pontos, Max Verstappen, já pode garantir o bicampeonato. Para que isso ocorra, o holandês precisa de uma combinação de resultados. Em caso de vitória, o piloto seria campeão se o monegasco Leclerc terminar em nono ou atrás, e se Sainz for o quarto ou pior. Para Russell, só resta a opção de vencer em Cingapura para continuar com chances de título.

Se o holandês da Red Bull vencer e conseguir a volta mais rápida, basta que Leclerc não esteja entre os sete primeiros e que Pérez não suba no pódio. Caso não ganhe a corrida deste fim de semana, Verstappen terá uma segunda chance de ser campeão mundial antecipadamente no GP do Japão, no dia 9 de outubro.

Deixe seu comentário