Hamilton nega atrito com a Mercedes após quinto lugar na Turquia: "Calor do momento"

São Paulo, SP

11-10-2021 10:50:27

Nesta segunda-feira, Lewis Hamilton utilizou as redes sociais para se pronunciar sobre a discussão que teve com a Mercedes na reta final do Grande Prêmio da Turquia, no domingo. O inglês negou que esteja "furioso" com a equipe e explicou a estratégia adotada na prova, que contou com uma parada nos boxes com oito voltas para o fim e a perda de duas posições, finalizando em quinto lugar.


"Eu tenho visto esta manhã na imprensa que tornaram um pouco maior o incidente na corrida de ontem sobre quando parar. Não é verdade que eu estou furioso com a minha equipe", escreveu.

"Nós trabalhamos duro para construir a melhor estratégia possível mas, enquanto a corrida acontece, temos que tomar pequenas decisões onde muitos fatores estão mudando constantemente. Ontem nós arriscamos não parar na esperança de que a pista ia secar, mas não secou. Eu queria arriscar, tentar ir até o final, mas foi minha decisão não parar e não funcionou. Então nós paramos e foi o mais seguro a se fazer. Vencemos e perdemos como equipe", acrescentou o piloto heptacampeão da Fórmula 1.

Sobre as discussões com sua equipe no rádio, Hamilton ressaltou foram "no calor do momento" e que qualquer discussão é "esquecida rapidamente".

"Não esperem que eu seja calmo no rádio quando estou correndo, todos temos emoções e no calor do momento esse emoção pode sair, assim como com todos os pilotos. Meu coração e espírito estão no momento, é o fogo em mim que me trouxe tão longe, mas qualquer discussão é esquecida rapidamente, sempre olhando para a próxima corrida. Hoje é um novo dia", escreveu Hamilton.

Com o resultado na Turquia, Lewis Hamilton perdeu a liderança da classificação geral, já que Max Verstappen terminou em segundo. O holandês está agora seis pontos na frente do britânico.

 

Deixe seu comentário