Fórmula 1 lança campanha de combate ao racismo e desigualdade

São Paulo, SP

22-06-2020 09:59:35

A Fórmula 1 anunciou na manhã desta segunda-feira uma campanha destinada a enfrentar os maiores problemas enfrentados pelo esporte e pelas comunidades globais, em especial a luta contra o coronavírus, do racismo e da desigualdade.

Denominada de "#WeRaceAsOne", a iniciativa tem o símbolo do arco-íris, segundo a F1, por ser um ícone usado internacionalmente na recente crise para unir comunidades.

As ações começarão no primeiro final de semana oficial da temporada 2020, de 3 a 5 de julho, na Áustria. Além de um agradecimento aos profissionais da saúde e todos envolvidos no combate à pandemia da covid-19, o arco-íris estará estampado em todos os 20 carros. Outras demonstrações visuais contra o racismo, que não foram especificadas, também estão nos planos.

Algumas equipes já se manifestaram em apoio ao movimento. A McLaren, por exemplo, já publicou onde colocará sua mensagem de apoio.

Esta é a primeira manifestação formal da Fórmula 1 após os movimentos de igualdade ganharem força pelo mundo. Recentemente, o hexacampeão Lewis Hamilton, um ativista da luta negra contra o racismo, havia cobrado engajamento de seus companheiros e da organização.

Segundo nota, a ideia veio para ficar e seguirá durante toda a temporada.

"Essas questões são importantes para o futuro de longo prazo de nosso esporte, mas também têm um grande impacto nas comunidades em que competimos e nos países ao redor do mundo. Eventos recentes reforçaram a importância desses problemas e a necessidade de tomarmos medidas para melhorar nosso esporte, melhorar oportunidades e ter um impacto positivo no mundo em que vivemos", diz o comunicado da F1.

Deixe seu comentário