Ex-piloto britânico Coulthard vê Hamilton à altura de lendas da F1

São Paulo, SP

26-10-2015 20:26:34

Já era esperado, tanto que aconteceu com três provas de antecedência, mas o tricampeonato mundial de Lewis Hamilton o fez cair definitivamente nas graças do mundo da Fórmula 1. Pelo menos é o que defende um de seus grandes admiradores, o ex-piloto escocês David Coulthard, que disputou a categoria entre 1994 e 2008 e vê o inglês merecedor da mesma reverência que algumas lendas do esporte.

“Como piloto, ele tem a qualidade que faz com que você queira vê-lo em ação, assim como Ayrton Senna e Nigel Mansell tinham. Você sabe que ele fará algo notável e isso faz com que você preste atenção nele”, exaltou Coulthard em sua coluna no portal BBC Sport. Grande ídolo de Hamilton, Senna também foi tricampeão mundial, enquanto o britânico Mansell faturou o título uma vez, em 1992.

Já o escocês foi vice-campeão mundial em 2001, durante a “era” Michael Schumacher, que ficou com o troféu. Naquela temporada, corria pela escuderia McLaren Mercedes. Ainda ficou com o terceiro lugar no campeonato de pilotos em outras quatro oportunidades: 1995, 1997, 1998 e 2000.

Coulthard também estabeleceu uma comparação entre Hamilton e Alonso. Para o ex-piloto de 44 anos, que já trabalhou com a escuderia Renault, pela qual o espanhol se sagrou bicampeão mundial, crê que o Príncipe das Astúrias é frequentemente referido como um dos maiores ou o maior piloto de sua geração, enquanto o inglês seria ainda mais merecedor de tal título.

“Fernando Alonso é considerado um dos maiores pilotos de seu tempo, e Hamilton o igualou, com o mesmo carro, em sua primeira temporada na categoria. Além de Alonso, ele se sobrepujou a todos os seus outros companheiros. É isso que os grandes fazem. Três títulos são um feito incrível e ele certamente pode seguir em frente e conquistar mais”, elogiou, fazendo referência à estreia do inglês na modalidade, em 2007, quando ambos corriam pela McLaren e Hamilton ficou com segundo lugar no mundial, enquanto o já bicampeão Alonso ocupou o terceiro posto.

Deixe seu comentário