Motor/Fórmula 1

Bottas surpreende e faz a pole na Áustria; Massa larga em 17º

São Paulo , SP
08/07/2017 10:05:21 — 08/07/2017 16:42:27

Em: Fórmula 1

O finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, surpreendeu e conquistou a pole position do Grande Prêmio da Áustria. Ele superou os favoritos Lewis Hamilton e Sebastian Vettel, que tinham sido os mais rápidos nos treinos livres, e cravou o melhor tempo, com 1min04s251. Esta é a segunda vez que ele vence classificatório em 2017. A primeira foi na China.

Lewis Hamilton, por questões de regulamento, perdeu cinco posições e, desta forma, apesar de ter terminado a classificação em terceiro, terá que largar em oitavo, seis lugares atrás de Sebastian Vettel, principal concorrente na luta pelo título até o momento.

Quem não teve sucesso foi a Williams, do brasileiro Felipe Massa. A escuderia não conseguiu se ajustar e saiu da disputa no Q1. Massa largará em 17º, enquanto o canadense Lance Stroll sairá logo atrás, em 18º.

O Grande Prêmio da Áustria acontece neste domingo, também às 9 horas (de Brasília). Vettel e Hamilton, líderes do Mundial de Pilotos, disputam ponto a ponto o primeiro lugar. O ferrarista chega à nona prova de 2017 com 14 pontos de vantagem: 153 a 139.

Bottas largará na pole pela segunda vez em 2017 (Foto: Joe Klamar/AFP)

Q1

Entre os principais pilotos, o primeiro a se destacar foi Sebastian Vettel, que assumiu a liderança ao marcar 1min05s585. Logo na sequência, Lewis Hamilton melhorou o tempo do alemão, sendo 0s347 mais rápido. Posteriormente, o britânico marcou 1min05s064, garantindo a liderança do Q1.

O dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, sofreu com problemas na suspensão, e isso o tirou da disputa logo no início. Porém, como havia conseguido fazer boa volta inicialmente, ele chegou a passar para a segunda etapa, mesmo sem condições de seguir no treino.

O brasileiro Felipe Massa, da Williams, com 1min06s534, foi o 17º, sendo eliminado logo na primeira parte. Junto com ele, também caiu seu companheiro, Lance Stroll, além de Jolyon Palmer, da Renault, e dos dois carros da Sauber, pilotados por Pascal Wehrlein e Marcus Ericsson.

Q2

Hamilton começou com tudo no Q2. Logo de cara, ele marcou 1min04s800, praticamente definindo sua passagem para a última etapa nos primeiros minutos. Na sequência, foi a vez de seu parceiro, Valtteri Bottas, brilhar, com 1min04s640.

Os carros da Ferrari, com Vettel e Kimi Raikkonen, também fizeram voltas rápidas na primeira metade da segunda etapa do treino, com 1min04s823 e 1min05s004, respectivamente. Com isso, tiveram tranquilidade para chegarem ao Q3.

Além de Magnussen, que desde a primeira parte já sabia que não entraria em ação no Q2, acabaram eliminados os dois pilotos da McLaren, Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne, Daniil Kvyat, da Toro Rosso, e Nico Hulkenberg, da Renault.

Q3

A decisão da pole position começou animada na Áustria. Sabendo que perderia cinco posições no grid, Hamilton partiu em busca do melhor tempo, para pelo menos largar em sexto lugar. Em sua primeira volta, marcou 1min04s424. Porém, poucos segundos depois, Valtteri Bottas e Vettel fizeram tempos melhores, deixando o britânico em terceiro.

Com os grandes tempos feitos nos primeiros momentos, as primeiras posições ficaram sem se alterarem até os minutos finais, quando todos os carros voltaram para a pista tentando evoluir ainda mais.

Porém, o francês Romain Grosjean, da Renault, acabou causando bandeira amarela após parar no meio da pista. Com isso, o treino foi encerrado com as posições que estavam definidas anteriormente. Quem se aproveitou foi Bottas, que largará em primeiro, com Vettel em segundo e Hamilton, após as perdas de posição, em oitavo.

Confira o grid de largada do GP da Áustria:

1º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) – 1min04s251
2º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – 1min04s293
3º Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1min04s779
4º Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) – 1min04s896
5º Max Verstappen (HOL/Red Bull) – 1min04s983
6º Romain Grosjean (FRA/Haas) – 1min05s480
7º Sergio Perez (MEX/Force India) – 1min05s605
8º Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) – 1min04s424*
9º Esteban Ocon (FRA/Force India) – 1min05s674
10º Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso) – 1min05s726
11º Nico Hulkenberg (ALE/Renault) – 1min05s597
12º Fernando Alonso (ESP/McLaren) – 1min05s602
13º Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren) – 1min05s741
14º Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) – 1min05s884
15º Kevin Magnussen (DIN/Haas) – sem tempo no Q2
16º Jolyon Palmer (GBR/Renault) – 1min06s345
17º Felipe Massa (BRA/Williams) – 1min06s534s
18º Lance Stroll (CAN/Williams) – 1min06s608
19º Marcus Ericsson (SUE/Sauber) – 1min06s857
20º Pascal Wehrlein (ALE/Sauber) – 1min07s011




  • Jmqrz

    KKKKKK, uma hora eh o pneu, uma hora o piche da pista….a agua do bebedouro….. o cara ja se aposentou e nao sabe.