Gazeta Esportiva

Dovizioso vence o GP da Áustria de MotoGP, etapa marcada por acidentes

AFP - São Paulo,SP

16/08/20 | 12:00

Andrea Dovizioso, da Ducati, venceu o Grande Prêmio da Áustria de MotoGP neste domingo, numa corrida marcada por acidentes e quedas. O espanhol Joan Mir (Suzuki) foi o segundo e o australiano Jack Miller (Ducati-Pramac) foi o terceiro.

"É muito estranho por vários motivos", disse Dovizioso após a corrida, com palavras de agradecimento à sua equipe.

Vice-campeão mundial em 2017, 2018 e 2019, o italiano conquistou sua 15ª vitória na MotoGP um dia após sua equipe anunciar o encerramento de seu contrato no final da temporada.

Para a Ducati, este primeiro lugar na Áustria marca a sua quinta vitória consecutiva desde o regresso do circuito de Spielberg ao Campeonato do Mundo.

O francês Fabio Quartararo (Yamaha-SRT) manteve a liderança do Mundial apesar de terminar em 8º neste domingo.

A corrida foi marcada por um acidente espetacular após a batida entre o francês Johann Zarco e o italiano Franco Morbidelli. As suas motos ficaram completamente destruídas enquanto eles eram lançados sobre os outros pilotos, como o veterano italiano Valentino Rossi, que conseguiu desviar deles por centímetros.

Morbidelli, que permaneceu caído na pista, foi retirado em uma maca, mas mais tarde foi visto caminhando, com auxílio da equipe médica.

Interrompida por uma bandeira vermelha para a retirada do que sobrou das motos, a corrida foi retomada com 20 voltas.

O espanhol Pol Espargaró (KTM) e o português Miguel de Oliveira também colidiram e depois o espanhol Alex Rins (Suzuki) caiu quando conseguiu ultrapassar Dovizioso para ficar em primeiro.

Deixe seu comentário