Mais Esportes/Motor

Brasileiros da F1 lamentam morte de Niki Lauda

São Paulo , SP
21/05/2019 12:19:12

Em: Mais Esportes, Motor, Notícias

Emerson Fittipaldi foi mais uma das personalidades do automobilismo que lamentou a morte de Niki Lauda, aos 70 anos, na última segunda-feira. Nesta manhã, o brasileiro bicampeão da Fórmula 1 publicou uma mensagem nas suas redes sociais enaltecendo as qualidades do ex-piloto e chamando-o de gladiador.

“Querido Niki você tinha muito talento, duro nas disputas, mas sempre leal, você é super campeão, sua história inspirou minha família, meu filho Emmo, meus netos Pietro e Enzo. Cocê me inspirou quando, com tanta coragem e determinação, já voltou em Monza. Niki mais que Campeão você foi um GLADIADOR. Minhas sinceras condolências à toda sua família”, escreveu.

Outro brasileiro também se manifestou. Felipe Massa, vice-campeão mundial de Fórmula 1 em 2008 pela Ferrari, considera Niki Lauda uma grande inspiração na modalidade. “Hoje um grande herói nos deixou! Niki você tem sido uma inspiração para todos nós! Nós vamos sentir sua falta e nunca esquecer o que você fez para o esporte! Minhas condolências à família e amigos de Niki”, escreveu.

Na noite de segunda-feira, pouco depois do anúncio da morte, Rubens Barrichello postou uma imagem ao lado do ex-piloto com a legenda “RIP meu amigo Niki Lauda”.

Um dos principais nomes do automobilismo mundial, Niki Lauda morreu aos 70 anos na noite desta segunda-feira, em Viena, na Áustria. O tricampeão da Fórmula 1, nos anos de 1975, 1977 e 1984, e atual presidente não executivo da Mercedes, não resistiu à piora no estado de saúde.

O piloto austríaco realizou um transplante de pulmão em agosto do ano passado e recebeu alta após dois meses internado. No início deste ano, por conta de uma forte gripe, voltou ao hospital, onde permaneceu por dez dias. As primeiras informações apontam que ele teve falência renal.

 

Ver essa foto no Instagram

 

#RIP my friend #nikilauda @nikilauda_official

Uma publicação compartilhada por Rubens Barrichello 1️⃣1️⃣1️⃣ (@rubarrichello) em