Em recuperação, Sidão revela dificuldade em acompanhar jogos do Sesi

São Paulo, SP

13-12-2016 14:13:24

Recuperando-se de uma cirurgia no ombro, o central Sidão segue fazendo fisioterapia para poder retornar às quadras. O jogador do Sesi, porém, segue sentindo dores no local e sofrendo com a ausência do dia a dia com o clube. Tanto que ele sequer está acompanhando as partidas do time, que ocupa a vice-liderança da Superliga masculina.

“Continuo na luta e melhorando bem devagar. Ainda estou sentindo dores porque estou fazendo trabalho para ganhar amplitude no ombro. Mas está tudo dentro da normalidade. Realmente está sendo bem difícil essa recuperação, e acompanhar os jogos do lado de fora não é nada fácil para mim. Sinto muita falta de jogar, de treinar. Tento não ficar muito tempo nos treinos porque é triste ficar mais um ano sem estar fazendo parte de tudo isso. Procuro manter a cabeça boa com relação à situação, mas é difícil”, afirmou Sidão.

O central de 34 anos sofreu uma luxação no ombro durante um treino em setembro e foi submetido a operação. Sidão tem como principais conquistas o Mundial da Itália, em 2010, e a Liga Mundial em Córdoba, no mesmo ano, além da prata nos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Deixe seu comentário