Brasil vira para cima da Rússia e vence na estreia de Montreux

São Paulo, SP

04-09-2018 17:09:25

Em preparação para o Mundial, a seleção brasileira estreou com o pé direito no Torneio de Montreux, na Suíça. Depois de perder o primeiro set, as brasileiras cresceram de produção, viraram e garantiram a vitória sobre a Rússia por 3 sets a 1, parciais de 24/26, 25/21, 25/21 e 25/23.

Os destaques do Brasil no ataque foram Gabi e Rosamaria, com 18 e 16 pontos, respectivamente. No bloqueio, Carol (cinco) e Thaisa (quatro) somaram nove pontos. Porém, o diferencial das comandadas de José Roberto Guimarães foi o saque, que dificultou a recepção russa após o set inicial e contribuiu com oito pontos.

A partida também marcou a reestreia de Fernanda Garay na seleção feminina. Foi a primeira partida da jogadora pelo Brasil desde os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. A atacante jogou como titular nas duas primeiras parciais e marcou oito pontos.

Errando muito e sem bloquear uma vez sequer, o Brasil só complicou a Russia por conta do eficiente desempenho de Gabi e Rosamaria, que viravam as bolas no ataque. Mesmo desatentas na defesa, as brasileiras arrancaram um 24 a 24, mas perderam os dois pontos seguintes e saíram em desvantagem na partida.

O roteiro seguiu no segundo set, tanto é que a Rússia chegou a ter 15 a 9 em seu favor no placar, mas, enfim, a seleção brasileira acordou no duelo e, através de uma ótima performance no bloqueio, empatou o jogo ao vencer o período por 25 a 21.

Aproveitando o bom momento, as comandadas de José Roberto Guimarães atropelaram as adversárias no terceiro set e abriram 19 a 13. As russas até esboçaram uma reação, mas nada que pudesse assustar o Brasil, que fechou a parcial em 25 a 21.

Partindo para o tudo ou nada, a Rússia cresceu de produção na quarta parcial. Porém, não contava com a tarde inspirada de Rosamaria e Gabi, que seguiam impossíveis no ataque e comandaram a vitória do Brasil no set por 25 a 23 e na partida por 3 sets a 1.

O Brasil volta às quadras pela competição nesta quarta-feira, às 16h15 (de Brasília), quando enfrenta a Polônia.

 

Deixe seu comentário