Tio de Nadal comenta derrota do sobrinho na final do Australian Open

São Paulo, SP

31/01/19 | 13:25

Espanhol foi derrotado por Djokovic por 3 sets a 0 (Foto: Greg Wood / AFP)

No último domingo, na final do Australian Open, Rafael Nadal sofreu uma derrota acachapante por 3 sets a 0 diante de Novak Djokovic. Toni Nadal, tio e ex-treinador do espanhol, disse que o domínio do sérvio na partida não reflete a realidade, e comentou um pouco mais sobre o confronto.

Em sua coluna no jornal El País, Toni exaltou a atuação de Djokovic, mas fez questão de lembrar a diferença entre os dois jogadores não é tão grande.

“O resultado da final deu a sensação de uma diferença maior do que, de fato, existe. Djokovic jogou com perfeição e Rafael teve menos sucesso que durante o resto do torneio...Nenhuma objeção pode ser feita ao jogo de Novak Djokovic na final, deve sim ser felicitado por mostrar um nível de tênis que é difícil de se bater. As virtudes do jogo sérvio, especialmente nesta superfície, admitem pouco espaço para melhorias”, escreveu.

Segundo Toni, não faltou vontade e determinação a Nadal, e o ex-treinador também ressaltou a atitude do tenista durante toda a decisão.

"Não vimos sinais de frustração em meu sobrinho, nenhum gesto ruim, nenhuma reclamação, nenhum olhar de desaprovação para sua equipe. Ele lutou até o último ponto, deu sua mão e parabenizou o seu rival, aceitando sua derrota com resignação”, completou.

Deixe seu comentário