Rogerinho cai para sensação croata em final de challenger na Colômbia

São Paulo, SP

13-09-2015 20:54:52

A equipe brasileira na Copa Davis pode começar a se preocupar. Na noite deste domingo, o croata Borna Coric, de apenas 18 anos de idade, mas já na 33ª colocação do ranking mundial, derrotou sem maiores dificuldades o paulista Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, número 191 do mundo, na final do Challenger de Barranquilla, na Colômbia.

Coric precisou de apenas 1h31 para bater o brasileiro por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, e conquistar seu segundo título do circuito Challenger na carreira, o primeiro na temporada. Já Rogerinho foi, pela segunda vez, vice-campeão em 2015, já que também havia caído na decisão em Milão. O veterano tenista de 31 anos, no entanto, ergueu o troféu do Challenger de Praga, na República Tcheca, no mês passado.

A sensação croata provou, nos números, sua superioridade sobre o experiente brasileiro. Coric disparou seis aces, contra três de Rogerinho, que obteve apenas 36% de aproveitamento no primeiro serviço, diante de 53% do europeu. Mais agressivo em quadra, o jovem tenista conseguiu cinco quebras de saque, quatro a mais que o paulista.

Borna Coric agora volta suas atenções para o duelo contra o Brasil pela repescagem da Copa Davis, que acontecerá entre os dias 18 e 20 de setembro, no saibro do Costão do Santinho, em Florianópolis.

O time croata ainda contará com Ivan Dodig, Franko Skugor e possivelmente Marin Cilic. A participação desse último no confronto ainda é um mistério. Isso porque ele jogou a semifinal do Aberto dos Estados Unidos, na última sexta-feira, contra o sérvio Novak Djokovic, com o tornozelo direito machucado, fator que justifica a humilhante derrota por 6/0, 6/1 e 6/2.

Deixe seu comentário