Naomi Osaka bate Petra Kvitova e é campeã do Australian Open

São Paulo, SP

26/01/19 | 10:15 - 26/01/19 | 14:44

Naomi Osaka é a grande campeã do Australian Open. A japonesa de 21 anos venceu seu segundo Grand Slam seguido e de quebra conquistou o topo do ranking da WTA, ao bater na final Petra Kvitova. Em um jogo emocionante, com 2h30 de duração, Naomi fez 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7-2), 5/7 e 6/4.

O jogo foi de superação para os dois lados, já que a nova número 1 do mundo teve a vitória nas mãos ainda no segundo set, ao ter três match points e viu sua adversária conseguir dar a volta por cima e forçar o terceiro set. Mas sem se abalar ou perder a confiança, a japonesa não perdeu o foco e seguiu forte, para não desperdiçar o saque para o jogo na parcial final.

Um ano depois de entrar no Australian Open como número 72 do mundo, caindo nas oitavas de final, Naomi se torna a primeira mulher asiática a ser dona do topo do ranking. Além disso, ela quebra uma sequência de dez torneios Grand Slams que foram vencidos por dez mulheres diferentes. A última vez que a mesma tenista havia vencido dois ou mais GSs seguidos foi quando Serena Williams conquistou o Us Open de 2014 e o Australian Open, o Roland Garros e o Wimbledon de 2015.


O jogo

Contrariando a facilidade em quebrar saques no tênis feminino, as duas tenistas mostraram domínio em seus serviços e não conseguiram aproveitar os break-points que conquistavam. Mesmo quando tinham o saque ameaçado, as duas confirmavam seus saques. Levando o set para o tie-break, no entanto, Kvitova viu a adversária mais efetiva e menos irregular. Naomi não desperdiçou a superioridade e abriu 1 a 0 no placar.

Começando o segundo set com uma quebra, Kvitova parecia ensaiar uma reação logo de cara. Mas foi Naomi quem deslanchou, ao vencer quatro games seguidos e encaminhar a vitória. Foi ai que Kvitova mostrou toda sua frieza e técnica e voltou ao jogo de forma incrível, pressionando a adversária e forçando erros da japonesa, que sacou para o jogo e mesmo com três match points, viu a tcheca salvar todos e ainda virar o set e empatar a partida.

O momento parecia delicado para Naomi, que foi aos vestiários se mostrando abatida. Mas quando voltou para a quadra, não foi isso que a número 1 apresentou. Com muita força e concentração, Osaka voltou ao jogo mais agressiva e errando menos. Kvitova, mesmo focada, contou com alguns vacilos e viu a adversária abrir uma vantagem importante. Mesmo tendo bons games para se manter viva na partida, não foi o suficiente para a tcheca ameaçar de vez Naomi, que confirmou a vitória sacando muito bem.

 

Deixe seu comentário