Nadal vence Shapovalov no sufoco e vai às quartas em Roma; Djokovic atropela Davidovich

AFP - São Paulo,SP

13-05-2021 14:46:56

O tenista espanhol Rafael Nadal, que luta por seu décimo título no Masters 1000 de Roma, sofreu muito nesta quinta-feira para vencer o canadense Denis Shapovalov (14º do mundo), contra quem salvou dois match points, enquanto Novak Djokovic (1º) passou sem maiores dificuldades por outro espanhol, Alejandro Davidovich.

Nas oitavas de final, em uma batalha intensa de três horas e meia, foi Nadal quem comemorou após vencer por 3-6, 6-4 e 7-6 (7/3).

Menos de 24 horas depois de outra partida de mais de duas horas contra o italiano Jannik Sinner, Nadal esteve perto de se despedir na 'Cidade Eterna', salvando dois match points.

Ele se reergueu nos momentos mais críticos e conseguiu chegar às quartas-de-final em Roma, em dezessete partidas no saibro neste torneio.

O canadense de 22 anos, que ficou na frente no placar durante grande parte da partida, foi superado pela experiência do espanhol de 34 anos, número 3 do mundo, que mostrou sua frieza principalmente no tie-break decisivo no final (7/3).

Nadal vai jogar nas quartas de final contra o vencedor do duelo desta quinta-feira entre o alemão Alexander Zverev (6º) e o japonês Kei Nishikori (45º).

Djokovic avançou com muito menos dificuldades. Ele havia sofrido na terça com a chuva e na quarta se reencontrou com o sol.

Novak Djokovic superou Davidovich (Foto: Filippo Monteforte/ AFP)

Com a presença do público pela primeira vez nesta edição - máximo de 5.000 espectadores no recinto -, o sérvio superou Davidovich (48º) por 6-2 e 6-1, em uma hora e dez minutos.

"Depois de todo esse tempo, é bom ver o esporte ao vivo novamente", disse um dos primeiros espectadores do dia, Alessandro Cimini, um romano que levou seu filho para aplaudir Djokovic e Nadal na quadra central.

Foi a primeira vez que Djokovic e Davidovich se encontraram em uma competição da ATP, mas o espanhol é companheiro de treino regular do astro sérvio, que nas quartas de final enfrentará o grego Stefanos Tsitsipas (5º do mundo), que derrotou o italiano Matteo Berrettini (9º), vice-campeão no último fim de semana em Madri, por 7-6 (7/3) e 6-2.

Além disso, o argentino Federico Delbonis surpreendeu a promessa canadense Felix Auger-Aliassime: venceu por 7-6 (7/3) e 6-1, e vai jogar nas quartas de final contra o americano Reilly Opelka.

No feminino, a argentina Nadia Podoroska, que havia surpreendido a americana Serena Williams ao vencer na quarta-feira, e a bielorrussa Aryna Sabalenka, campeã do último sábado em Madri, foram eliminadas nesta quinta-feira nas oitavas.

Podoroska, 44ª no ranking da WTA, começou bem, mas acabou perdendo para a croata Petra Martic (25ª) por 3-6, 6-1 e 6-2.

Por sua vez, Sabalenka, número 4 do mundo, foi eliminada pela jovem americana Cori Gauff (35º) por 7-5 e 6-3.

Já a número 1 do mundo, a australiana Asleigh Barty, não falhou e venceu com um duplo 6-3 a russa Veronika Kudermetova (28ª). Barty vai jogar contra Gauff nas quartas de final.

A australiana é a grande favorita ao título após as eliminações de várias das principais candidatas. Além de Serena Williams, a japonesa Naomi Osaka e a romena Simona Halep, número 2 e 3 do mundo respectivamente, também se despediram do torneio na segunda fase na quarta-feira.

"Me sinto claramente confiante na quadra, nas minhas jogadas e nas minhas decisões", disse Barty.

Deixe seu comentário