Tênis/Aberto da Austrália

Nadal é medicado em quadra, sua para vencer Smyczek e avança a 3ª rodada

GazetaEsportiva.net - Melbourne , - Austrália
21/01/2015 10:45:00

Em: Mais Esportes, Tênis

Em um dos jogos mais disputados deste terceiro dia do Aberto da Austrália, o espanhol Rafael Nadal, atual número 3 do mundo, sofreu mais do que o esperado para superar o norte-americano Tim Smyczek, que não aparece nem entre os cem primeiros tenistas do ranking da ATP. Em jogo que beirou quatro horas de duração, Nadal venceu por 3 a 2 com parciais de 6/2, 3/6, 6/7 (com 2/7 no tie-break), 6/3 e 7/5, avançando a terceira rodada do torneio para enfrentar o israelense Dudi Sela.

Nadal começou o jogo com a intensidade habitual. Depois de ficar grande parte de 2014 parado por conta de algumas lesões musculares, além da apendicite que agravou ainda mais sua condição física no segundo semestre, o espanhol não deu chances ao norte-americano Smyczek no primeiro set e emplacou, de cara, 6 a 2 na primeira parcial, que durou pouco mais de meia hora.

Se no primeiro set Nadal foi completamente superior, mostrando-se muito seguro nas trocas de bola, na parcial seguinte o número 3 do mundo teve uma queda evidente no rendimento. Sofrendo com o primeiro saque de Smyczek, que teve aproveitamento beirando os 70% neste fundamento, e com suas subidas à rede que invariavelmente terminavam em um voleio bem executado, Nadal pouco pôde fazer e perdeu por 6 a 3, possibilitando duas quebras de saque do adversário.

Nadal consegue suportar dores e mal-estar para vencer norte-americano no 5º set e avançar em Melbourne (Foto:Paul Crock)
Nadal consegue suportar dores e mal-estar para vencer norte-americano no 5º set e avançar em Melbourne (Foto:Paul Crock) – Credito: AFP

Os reflexos da atuação ruim perduraram no terceiro set. Logo após jogar os dois primeiros games do terceiro set, o tenista espanhol pediu atendimento médico dentro de quadra acusando tonturas. Nadal foi medicado e seguiu em quadra, mas esboçando na feição o cansaço que começava a atingi-lo. Mas parece que o remédio fez efeito. Quando o terceiro set parecia resolvido a favor do norte-americano, Nadal buscou o placar (que já estava em 4 a 2) e provocou o tie-break, mas não suportou o bom saque de Smyczek e perdeu por 7 a 2.

Apesar de surpreender com sua atuação, Tim Smyczek sofreu com a falta de experiência. Fora do top 100 do tênis mundial, aparecendo na 112ª colocação, o norte-americano não soube controlar o jogo no quarto set e viu Nadal crescer. Retomando a característica vibração, e os golpes variados do fundo da quadra, abusando das bolas aceleradas, o espanhol emplacou um 6 a 3 em pouco mais de meia hora e voltou para o jogo, ganhando moral para a disputa do quinto set.

A parcial decisiva foi parelha até Nadal quebrar o saque de Smyczek quando o jogo estava 5 a 5. O norte-americano, até onde conseguiu, tentou dificultar a vida do número 3 do ranking com boas subidas a rede e bolas vencedoras que tocavam a linha por milímetros. Contudo, na somatória dos fatores, a experiência falou mais alto. Depois de três chances de quebra no quinto set, Rafael Nadal possibilitou o empate de Smyczek em 40 iguais antes de decidir o jogo com um saque potente e conclusão certeira.

Smyczek surpreende Nadal e provoca quinto set contra 3º do mundo (Foto:Paul Crock)
Smyczek surpreende Nadal e provoca quinto set contra 3º do mundo (Foto:Paul Crock) – Credito: AFP