Giustino e Moutet fazem segunda partida mais longa da história de Roland Garros

AFP - São Paulo,SP

28-09-2020 20:16:02

Dois dias e um total de 6h05: o italiano Lorenzo Giustino, 157º do mundo e vindo da fase prévia de classificação, venceu o francês Corentin Moutet (71º) por 0-6, 7-6 (9/7), 7-6 (7/3), 2-6 e 18-16, nesta segunda-feira pela primeira rodada de Roland Garros, na segunda partida mais longa da história do torneio.

O duelo mais duradouro da história do Aberto da França foi protagonizado em 2004 pelos franceses Fabrice Santoro e Arnaud Clément, com 6h33.

Giustino, de 29 anos, nunca havia vencido uma partida de Grand Slam, nem mesmo no circuito ATP. Foi o primeiro que disputou em cinco sets.

(Foto: Thomas Samson/AFP)

"No final, o mais agressivo, aquele que mais tentou ganhar o jogo, acabou vencendo. Ninguém queria perder nos pontos importantes, mas fomos muito sólidos e jogamos nosso melhor tênis nos momentos mais importantes", disse o italiano.

O duelo foi interrompido no domingo devido à chuva e reiniciado na tarde desta segunda-feira.

Moutet venceu facilmente o primeiro set, mas Giustino conseguiu protagonizar uma virada inesquecível, com um quinto set que durou mais de três horas.

Finalmente ele venceu com seu terceiro match point contra um muito nervoso Moutet.

"Não sei como me sinto. Jogamos uma partida muito longa, então não sei. Não sinto nada no meu corpo agora, me sinto vazio", disse Moutet.

Giustino jogará na próxima rodada contra o argentino Diego Schwartzman, 14º do ranking da ATP, que derrotou Rafael Nadal nas quartas de final em Roma.

Deixe seu comentário