Favoritas caem e Bacsinszky faz final contra Muguruza em Pequim

São Paulo, SP

10-10-2015 15:17:50

(Foto: Wang Zhao/AFP)
Garbiñe Muguruza acena para o público após vencer Agnieszka Radwanska na semifinal em Pequim (Foto: Wang Zhao/AFP)

Nas semifinais do Premier de Pequim, duas tenistas eram largamente favoritas a avançarem no torneio e disputarem o título. Porém, numa noite com zebras, Garbine Muguruza e Timea Bacsinszky fizeram sua parte, eliminaram Agnieszka Radwanska e Ana Ivanovic, respectivamente, e agora se enfrentam na final.

Na primeira partida, a suíça Bacsinszky venceu Ivanovic de virada por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/4 e 6/1, em 2h21 minutos.  No set inicial, a sérvia começou melhor, efetuando sua primeira quebra no quarto game. No sétimo, a suíça devolveu o break e igualou o placar em 4-4. Entretanto, com uma vantagem em 6-5, Ivanovic voltou a quebrar e fechou a parcial em 7-5.

No segundo set, Bacsinszky começou avassaladora. Duas quebras em cima da sérvia, que havia pedido atendimento médico. Ainda assim, ela conseguiu devolver um dos breaks, mas sofreu com mais uma quebra, que deixou a partida em 4-1. Após um certo equilíbrio, Ivanovic quebrou a suíça no oitavo game, o que não foi suficiente para evitar a vitória no set e o empate do jogo.

Inspirada, a suíça, que com a vitória entrou no top 10 do ranking da WTA, não deu chances à Ivanovic no último set. Foram três quebras de serviço no total, e a sérvia só conseguiu confirmar um de seus games. Assim, em menos de 30 minutos, Bacsinszky fechou a terceira parcial e a partida.

"Eu só tentei focar no meu plano de jogo e não olhar mais longe. Estava apenas pensando na próxima bola, ponto, não no que iria acontecer depois disso", declarou Bacsinszky.

Muguruza elimina Radwanska - Na outra semifinal, a espanhola Garbiñe Muguruza derrotou, também de virada, Agnieszka Radwanska por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/4.

No primeiro set, muita dificuldade das tenistas em confirmarem seus saques. Radwanska efetuou a primeira quebra da partida logo no segundo game, mas Muguruza devolveu logo em seguida. Depois, a bielorrussa conseguiu novo break no quinto game, e a espanhola devolveu no oitavo, em um game de 15 pontos, deixando tudo igual em 4-4. Não foi suficiente para segurar o ímpeto de Radwanska, que confirmou seu serviço e quebrou o seguinte, fechando a parcial em 6-4.

A número 5 do mundo começou o segundo set mais atenta, quebrando Radwanska logo no primeiro game. Muguruza manteve a vantagem até o sexto game, quando a bielorrussa conseguiu devolver a quebra e empatar a parcial em 3-3. A espanhola voltou a quebrar a número 8 do ranking e a vencer três games seguidos. Com a sequência, ela fechou a parcial em 6-3 e empatou a partida.

No último set, equilíbrio entre as tenistas. Muguruza conseguiu quebrar Radwanska no quarto game e emplacar outro break no sexto, abrindo excelente vantagem em 5-1. Entretanto, a bielorrussa não facilitou, salvou um match point e devolveu as duas quebras. Não foi suficiente para impedir que a espanhola quebrasse uma última vez e fechasse a partida em 6-4.

"Sei que Agnieszka é uma jogadora incrível, então sabia que teria que estar concentrada e focada o tempo todo contra ela, e tentar estar mais pronta em momentos importantes. Estou muito feliz de estar na final, vou realmente tentar ganhar esse troféu", comentou Muguruza. A final será neste domingo, às 5h da manhã (horário de Brasília).

Deixe seu comentário