Djokovic 'não sabia' de resultado de covid quando interagiu com o público, diz sua mãe

AFP - São Paulo,SP

11-01-2022 23:47:35

O tenista Novak Djokovic provavelmente "não sabia" que estava com covid-19 quando interagiu sem máscara com o público na Sérvia, declarou sua mãe nesta quarta-feira (12) em uma entrevista para a televisão australiana.

O número 1 do mundo, que não foi vacinado, foi visto em Belgrado logo após um de seus testes de covid dar positivo, em 16 de dezembro. O fato de Djokovic ter contraído o vírus lhe permitiu receber uma isenção médica para entrar na Austrália.

Em 17 de dezembro, um dia depois do teste PCR positivo, Djokovic participou de um almoço de lançamento de selos sérvios com sua imagem, e apareceu sem máscara com jovens tenistas em Belgrado.

"Ele não sabia, provavelmente", declarou sua mãe Dijana ao canal 7 da televisão australiana.

"Ele não sabia, porque quando ficou sabendo que estava positivo ele se isolou", completou a mãe, afirmando que seria melhor perguntar ao próprio tenista.

A primeira-ministra da Sérvia, Ana Brnabic, disse que seria uma "clara quebra" das regras sanitárias do país se Djokovic esteve em público apesar de saber que estava contaminado.

"Se você está positivo, tem que se isolar", declarou Brnabic à BBC.

Ainda não está claro quando o tenista descobriu o resultado do teste.

"O único que pode responder isso é Novak", completou a política.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Também surgiram dúvidas na Austrália sobre uma resposta que o tenista de 34 anos deu em sua declaração de viagem, apresentada antes de partir para Melbourne.

No documento, divulgado pelo tribunal federal, Djokovic indicou não ter viajado nos 14 dias anteriores ao voo.

No documento, está explícito que "dar informação falsa ou enganosa é uma ofensa grave" e pode resultar na proibição de entrada na Austrália por três anos.

Djokovic disse aos agentes de imigração na chegada ao aeroporto de Melbourne que seus documentos de viagem foram preenchidos por seu agente, de acordo com uma transcrição divulgada pelo tribunal.

No entanto, parece haver evidências claras de que Djokovic viajou durante esse período.

Há fotos do tenista em Belgrado em 25 de dezembro com o jogador sérvio de basquete Petar Djordjic, que postou as fotos em seu perfil no Instagram.

Em 31 de dezembro, a academia SotoTennis tuitou um vídeo de Djokovic treinando em Marbella, na Espanha, e, em 2 de janeiro, sua foto apareceu no Diario Sur quando jogava no clube Puente Romano.

Djokovic aterrissou em Melbourne em 5 de janeiro e seu visto foi cancelado ao chegar, o que levou à disputa judicial que terminou com a decisão de um juiz de reverter o cancelamento.

O governo australiano ainda poderia cancelar o visto por decisão do ministro da Imigração, Alex Hawke, que ainda não se pronunciou sobre o caso.

Deixe seu comentário