Tênis/ Aberto da Austrália

Ainda com dores no punho, Del Potro desiste do Aberto da Austrália

GazetaEsportiva.net - Melbourne , - Austrália
18/01/2015 09:51:00

Em: Mais Esportes, Tênis

Não será desta vez que Juan Martin Del Potro voltará a disputar um Grand Slam. Na madrugada deste domingo, o argentino fez um rápido treino e logo em seguida anunciou a desistência de brigar no Aberto da Austrália por conta de novas dores no punho direito, lesão que o deixou afastado por mais de dez meses na temporada passada. O ex-número 4 do mundo estrearia contra o polonês Jerzy Janowicz, que agora enfrentará o japonês substitulo Hiroki Moriya.

“Não me sinto preparado para disputar este grande torneio”, disse Del Potro. “Meu primeiro Grand Slam no ano, partidas de cinco sets, isso é algo muito duro. Pode resultar em algo perigoso para meu punho e também para o meu físico em geral. Foi uma decisão muito difícil, mas penso que é a mais inteligente se quero jogar o resto da temporada”, explicou o atual 276º do mundo.

O tenista de 26 anos também avisou que irá focar em sua recuperação e treinar por mais tempo, devendo voltar a competir nos Masters 1000 de Indian Wells e Miami, em março. Sendo assim, o considerado o melhor tenista argentino não deverá defender seu país contra o Brasil, em março, pelo grupo mundial da Copa Davis.

“A dor é semelhante a que eu venho sentindo nos últimos dias e semanas. Nada de novo. Nada perigoso. Mas acredito que meu punho não está o ideal para jogar este torneio tão importante. É duro decidir isto, mas estou otimista e quero jogar tênis como fiz na semana passada. Por isso decidi me retirar deste evento”, completou o tenista de Tandil.

Com dores no punho direito, Del Potro desiste de disputar o Aberto da Austrália (Foto: William West)
Com dores no punho direito, Del Potro desiste de disputar o Aberto da Austrália (Foto: William West) – Credito: AFP

Na última semana, Del Potro disputou o ATP 250 de Sydney, onde era o atual campeão. O argentino venceu dois jogos, um deles contra o italiano Fabio Fognini, 18º colocado no ranking mundial, mas caiu nas quartas de final para o cazaque Mikhail Kukushkin.