Poliana Okimoto faz história e entra no Hall da Fama da maratona aquática

São Paulo, SP

03-04-2018 10:36:51

Poliana Okimoto se tornou a primeira mulher brasileira no Hall da Fama (Foto: Divulgação/CBDA)

No último fim de semana, Poliana Okimoto marcou, mais uma vez, seu nome na história da natação brasileira e mundial. A ex-nadadora teve seu nome inserido na International Marathon Open Water Swimming Hall of Fame e com isso se tornou a primeira mulher do Brasil a fazer parte do seleto grupo do Hall da Fama.

“É um reconhecimento que estou tendo. Foram tantos anos de luta, tantos títulos e também derrotas, tudo isso foram parte da minha carreira. O pioneirismo foi super importante para a modalidade no Brasil. Tudo isso é um reconhecimento da minha carreira e da maratona aquática no Brasil", afirmou Okimoto durante a premiação que aconteceu no último sábado.

A brasileira também destacou que continua praticando o esporte, muito pelo o que a natação representa para sua vida."Continuo nadando, é o que eu gosto de fazer, essa é a verdade. Claro, sem aquela rotina maluca de treinos para competições e tudo mais, mas não consigo ficar longe de onde estive minha toda minha vida”.

A carreira de Poliana não foi marcada por apenas um grande momento, mas por conquistas históricas para a natação brasileira. Em 2009, foi a primeira atleta a se tornar campeã da Copa do Mundo na distância Olímpica e também venceu nove das 11 etapas, estabelecendo o recorde de número de vitórias em uma mesma temporada. Além disso, Okimoto conquistou o maior feito até hoje de uma nadadora brasileira, quando conquistou a medalha de bronze na Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016.

Deixe seu comentário