Em meio à polêmica de assédio, Seleção masculina estreia com empate

São Paulo, SP

27-07-2015 09:00:50

Com empate. Foi assim que a Seleção Brasileira masculina de polo aquático estreou no Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan, na Rússia. Na madrugada desta segunda-feira, a equipe nacional ficou no 9 a 9 com a China. Esta foi a primeira partida do Brasil após o caso de assédio sexual que envolve o goleiro reserva Thyê Mattos, acusado durante os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá.

A Seleção Brasileira vem de resultados expressivos, como a inédita medalha de bronze na Liga Mundial e a prata no Pan, competição que marcou o polo aquático masculino pela acusação de agressão sexual possivelmente cometida por Thyê.

Na última sexta-feira, a polícia de Toronto revelou, em coletiva de imprensa, que o goleiro brasileiro estava sob investigação por ser o principal suspeito de assédio sexual. As autoridades canadenses ainda informaram que a acusação partiu de uma cidadã de Toronto de 22 anos, que não tinha qualquer envolvimento com os Jogos Pan-Americanos.

O goleiro viajou junto com os companheiros de Seleção para a Rússia, onde disputaria o Mundial. No entanto, Thyê voltou ao Brasil no último domingo após ser aconselhado pelo técnico croata Ratko Rudic.

Integrante do Grupo A do Mundial, o Brasil volta à piscina na próxima quarta-feira, quando enfrentará a Croácia. Dois dias depois, o adversário será o Canadá.

A Seleção Brasileira masculina estreou com empate por 9 a 9 com a China no Mundial de Kazan (Foto: Satiro Sodré/ SSPress)
[/media-credit] A Seleção Brasileira masculina estreou com empate por 9 a 9 com a China no Mundial de Kazan (Foto: Satiro Sodré/ SSPress)

Deixe seu comentário