Handebol/ Mundial do Catar

Ribera exalta atuação do Brasil, mas avisa: ‘Precisamos melhorar’

GazetaEsportiva.net - Doha , - Catar
20/01/2015 11:28:00

Em: Handebol, Mais Esportes

A Seleção Brasileira masculina de handebol respira aliviada após conquistar sua primeira vitória no Mundial do Catar, na tarde da última segunda-feira. Os comandados do técnico espanhol Jordi Ribera venceram a Bielorrússia por 34 a 29 e agora ocupam a quarta colocação do Grupo A, com dois pontos.

Após perder para o Catar e para a Espanha, o time verde e amarelo ganhou o peso da necessidade de vencer os três jogos restantes para não correr o risco de uma desclassificação precoce. O primeiro objetivo foi atingido, porém o comandante pede melhoras para o duelo seguinte, contra a Eslovênia, terceira colocada.

“Estou muito feliz com os primeiros pontos. Foram muito importantes para nós. Eu sabia que este jogo seria difícil, com muita pressão. Eu acho que o time jogou com mais concentração durante todo o tempo”, analisou o treinador espanhol.

O técnico espanhol Jordi Ribera quer uma atuação ainda melhor contra a Eslovênia (Foto: Marwan Naamani)
O técnico espanhol Jordi Ribera quer uma atuação ainda melhor contra a Eslovênia (Foto: Marwan Naamani) – Credito: AFP

“Fico muito feliz pelo time, pelos jogadores e pelo primeiro passo que o Brasil deu. Precisamos melhorar para o próximo jogo, que será muito difícil. Para nós é importante melhorar”, ressaltou Jordi Ribera.

Já um dos destaques da Seleção, o armador Thiagus Petrus, exaltou a atuação da defesa brasileira e a agressividade no ataque.

“Foi difícil, mas a nossa Seleção conseguiu neutralizar bem o forte ataque da Bielorrússia e recuperar muitas bolas pra sair no contra-ataque. Durante o jogo, nossa vantagem foi ter arremessado dez bolas a mais que a Bielorrússia e isso nos deu a vantagem de ganhar a partida com cinco gols”, explicou Thiagus.

Os comandados de Jordi Ribera voltam à quadra nesta quarta-feira, às 12 horas (de Brasília), contra a Eslovênia, pela quarta rodada. O Brasil encerra sua participação na primeira fase dois dias depois, diante do Chile, no mesmo horário.