Brasil não alcança pódio no segundo dia do Grand Slam de Baku

São Paulo, SP

09-05-2015 21:40:00

O judô brasileiro não ganhou medalhas neste sábado, o segundo dia de competições do Grand Slam de Baku, no Azerbaijão. Ketleyn Quadros (63kg) e Maria Portela (70kg) foram as atletas que mais chegaram perto do feito, porém perderam a disputa pelo bronze e terminaram com o quinto lugar, somando mais 100 pontos para o ranking mundial.

O judô brasileiro não ganhou medalhas neste sábado, o segundo dia de competições do Grand Slam de Baku, no Azerbaijão. Ketleyn Quadros (63kg) e Maria Portela (70kg) foram as atletas que mais chegaram perto do feito, porém perderam a disputa pelo bronze e terminaram com o quinto lugar, somando mais 100 pontos para o ranking mundial.

Neste domingo, Rafael Buzacarini (100kg), Samanta Soares (78kg) e Rochele Nunes (+78kg) encerram a participação do Brasil no torneio. O bloco inicial começa na madrugada deste domingo, a partir das 2 horas (de Brasília), enquanto as finais ocorrerão às 9 horas.

“Foi meu primeiro Grand Slam nessa categoria e consegui fazer boas lutas com atletas fortes. Fico um pouco triste por não ter conseguido a medalha, até que porque venho treinando muito duro. De toda maneira, é uma nova oportunidade para melhorar", disse Ketleyn, que começou bem a competição ao aplicar ippons sobre a espanhola Isabel Puche e sobre a norte-americana Hannah Martin.

Nas quartas de final, efetuou dois yukos sobre a austríaca Kathrin Unterwurzacher, que acabaria ficando com a medalha de ouro, mas acabou sofrendo ippon. Na repescagem, porém, se recuperou com vitória diante da russa Marta Labazina por wazari.

Na disputa do bronze, mediu forças com a holandesa Anicka Van Endem, cabeça de chave número 1, e fez uma luta equilibrada. No entanto, quando faltava cerca de um minuto para o final da luta, foi imobilizada e sofreu ippon, terminando na quinta colocação.

A meio médio Ketleyn Quadros perdeu para Anicka Van Endem na disputa pela medalha de bronze
A meio médio Ketleyn Quadros perdeu para Anicka Van Endem na disputa pela medalha de bronze - Credito: Divulgação/CBJ

Já Maria Portela, que também deixará Baku com o quinto lugar, começou batendo a canadense Monika Burgess por ippon, após 30 segundo de combate. Nas quartas, sofreu duas punições contra uma da austríaca Bernadette Graf e foi para a repescagem, quando superou a alemã Szaundra Diedrich na diferença de punições. No duelo pelo bronze, a francesa Marie Eve Gahie se impôs e conseguiu projetar e imobilizar Portela até o ippon.

Ainda na categoria médio, Bárbara Timo perdeu nas quartas de final para Gahie e, na sequência, também levou a pior na repescagem contra a israelense Linda Bolder, terminando na sétima posição.

No meio médio, mesma categoria de Ketleyn, Mariana Silva também parou nas quartas e na repescagem, repetindo o sétimo lugar de Timo.

No masculino, os brasileiros não chegaram a disputar medalhas. Leandro Guilheiro até venceu o português Carlos Luz e o americano Travis Stevens, mas deixou a competição nas oitavas de final após ser derrotado pelo romeno Cristian Bordilau.

Marcelo Contini, por sua vez, iniciou o Grand Slam vencendo o monegasco Cedric Bessi por ippon, mas perdeu nas oitavas de final para o mongol Tsagaanbaatar Khashbaatar.

Deixe seu comentário