Flamengo é derrotado por time grego e deixa escapar o bi mundial

São Paulo, SP

17-02-2019 20:08:28

Não foi dessa vez que o Flamengo reconquistou o mundo. Jogando pelo bi campeonato da Copa Intercontinental de basquete, espécie de mundial de clubes da modalidade, o Rubro-Negro recebeu o grego  AEK na Arena Carioca 1 e acabou derrotado pelo placar de 86 a 70.

O título coroa uma bela história dos europeus. Há cinco anos, a equipe sequer tinha time de basquete profissional, devido a uma profunda crise financeira. E neste domingo, se igualou ao Panathinaikos e ao Olympiacos ao bater o Mengão e levar de volta para a Grécia a taça da Copa Intercontinental.

Jordan Theodore foi o grande nome do AEK, terminando a partida com 22 pontos e cinco assistências. Já no Flamengo, Anderson Varejão dominou as ações com um duplo-duplo de 21 pontos e 11 rebotes.

Campeão em 2014, o Mengão deixou escapar a chance do bicampeonato da competição. No entanto, foi aplaudido pelos torcedores, que reconhecem o momento de remontagem do elenco após a chegada de Gustavo de Conti no começo da temporada.

Mais cedo neste domingo, o San Lorenzo, da Argentina, bateu o Austin Spurs, dos Estados Unidos, por 77 a 59, e conquistou o terceiro lugar da Copa Intercontinental.

Empurrado pela torcida, o Flamengo começou bem o jogo e de cara abriu 7 a 2. Mas o AEK dava mostrar de que não seria tão fácil assim. Na sequência, os gregos tiraram a diferença e não tardaram a virar o marcador a seu favor. Os brasileiros sentiram a pressão e passaram a cometer muitos erros de ataque. Muito equilibrado, o período chegou ao minuto final com o AEK a frente por apenas um ponto: 20 a 19.

Com sua forte marcação, a equipe europeia abriu 28 a 19 nos dois primeiros minutos do segundo período para desespero das arquibancadas. O Fla logo reagiu e voltou a colar no marcador, mas seguia sofrendo para pontuar. Apesar dos nove pontos de diferença, Varejão tentava manter os cariocas no jogo. Mas o AEK foi para o intervalo na frente por 42 a 33.

E na volta dos vestiários, os gregos voltaram com tudo e abriram logo de cara 5 a 0 no terceiro período. O Flamengo, porém, não desistiu em momento algum. Com a ajuda da torcida, cortou a diferença para cinco pontos, mas desperdiçava bolas bobas e viu o AEK abrir vantagem novamente, apesar do duplo-duplo de Varejão. Os gregos, tranquilos em quadra, controlavam o jogo e foram para a quarta e decisiva parcial vencendo por 63 a 55.

E aí foi só administrar o resultado. O Flamengo sentiu o momento e viu os adversários abrirem 15 pontos em determinado momento do último quarto. No final do jogo, na tentativa de ainda buscar uma heroica e improvável vitória, a equipe carioca apostava nas bolas de três, que não caíam. O AEK aproveitou o desespero rubro-negro para aumentar ainda mais a vantagem no placar e decretar o triunfo.

Deixe seu comentário