Ex-jogadores da Seleção e Kanela são indicados para Hall da Fama

São Paulo, SP

23-12-2016 13:06:25

O Naismith Memorial Basketball divulgou a lista de indicados para integrar o Hall da Fama na Classe de 2017. Entre os candidatos estão os ex-jogadores da Seleção Brasileira, Amaury Pasos e Marquinhos Abdalla Leite, e o ex-técnico Togo Renan Soares, o Kanela. O resultado final será divulgado no dia 3 de abril do ano que vem.

Neste ano a modalidade completa seu 125º aniversário: o jogo foi inventado em 21 de dezembro pelo Dr. James Naismith em Springfield, Massachusetts – onde está localizado o Hall da Fama –, e se tornou um passatempo e paixão internacional.

Kanela fez história na Seleção e no Flamengo, onde venceu diversas competições. Entre os maiores troféus do treinador estão o título mundial de 1959, no Chile, e em 1963, no Brasil. Nos Jogos Olímpicos de Roma, em 1960, e de Tóquio, em 1964, ficou com a medalha de bronze, entre outras importantes conquistas. No Flamengo ganhou 12 títulos cariocas, incluindo um inédito decacampeonato estadual entre 1951 e 1960.

(Foto: Divulgação/CBB)
Amaury, Kanela e Marquinhos foram indicados ao Hall da Fama do Naismith Memorial Basketball, nos Estados Unidos (Foto: Divulgação/CBB)

Marco Antonio Abdalla Leite, mais conhecido como Marquinhos, tinha apenas 18 anos quando fez sua estreia na Seleção Brasileira, em 1970. Naquele ano fez parte da equipe que conquistou a medalha de prata no Mundial da Iugoslávia e, em 1971, subiu no lugar mais alto do pódio no Campeonato Sul-Americano do Paraguai e ganhou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Cali, na Colômbia. Em 15 anos com a camisa da Seleção, o pivô disputou três Olimpíadas (Munique 1972, Moscou 1980 e Los Angeles 1984), quatro Mundiais, quatro Pan-Americanos e cinco Sul-Americanos.

“Esse momento não é meu, pertence ao Brasil e aos jogadores que fizeram esse esporte tão grande, os meus companheiros de batalhas. São mais dois pré-selecionados: Amaury Pasos e Kanela. Amaury dispensa comentários porque é um cara fantástico em todos os aspectos, especialmente no caráter como homem, jogador de decisão e vencedor. O falecido Kanela, que me deu todas as oportunidades na vida para ser realmente o jogador que fui, sempre me incentivou e me levou à Seleção Brasileira com 18 anos para disputar um Mundial”, disse o atleta.

Amaury Pasos jogou pelo Brasil por 16 anos. Considerado como um dos jogadores mais completos da história, foi um dos protagonistas da época de ouro do basquete nacional. Entre os títulos que conquistou estão o bi mundial (1959 e 1963, sob o comando de Kanela) e as medalhas de bronze nos Jogos de Roma e Tóquio (1960 e 1964, respectivamente, também com o treinador).

Deixe seu comentário