Espanha sofre no fim, mas despacha Grécia e fica a um passo das Olimpíadas

São Paulo , SP
15/09/2015 16:09:06

Em: Basquete, Mais Esportes

A seleção espanhola de basquete está a apenas uma vitória de carimbar o passaporte para as Olimpíadas do Rio de Janeiro. Nesta terça, a formação de Sergio Scariolo venceu a Grécia por 73 a 71 em Lille, na França, e avançou para a semifinal do Campeonato Europeu. Como os finalistas asseguram vaga direta em 2016, os espanhóis dependem de um triunfo sobre o vencedor de França e Letônia para entrar de vez na briga pelo pelo inédito título olímpico. Finalista em Londres 2012, a Espanha já amargou três vices.

O grande nome do jogo foi Pau Gasol. O pivô do Chicago Bulls beirou o duplo-duplo com 27 pontos e nove rebotes, além de três assistências. Nikola Mirotic anotou 18 pontos, enquanto Sergio Rodriguez contribuiu com dez pontos e cinco assistências.

Sem Kostas Papanikolaou, ala do Denver Nuggets, o maior pontuador grego foi Calathes, com 14 pontos, cinco rebotes e sete assistências. Printezis fez 13 pontos, um a mais que Antetokounmpo, responsável também por 17 rebotes. Spanoulis, famoso por crescer em jogos decisivos, fez apenas dez pontos.

Pau Gasol superou a ausência do irmão Marc e liderou a Espanha rumo à semifinal (foto: Emmanuel Dunand/AFP)

O jogo – O início da partida foi muito acirrado. Com as defesas bem estruturadas, as equipes mostraram um jogo intenso, mal refletido no marcador, e empataram em 14 a 14. As cestas da Espanha vieram pelas mãos de Gasol, enquanto Antetokounmpo devolvia para manter a igualdade. A Espanha foi capaz de furar o bloqueio da Grécia no segundo período, e aproveitou os contra-ataques para assumir a dianteira. Com boa atuação de Mirotic, foi para os vestiários vencendo por 39 a 32.

Na volta do intervalo, a ausência de Marc Gasol e Serge Ibaka fez diferença, e o time de Scariolo escorregou. Os gregos voltaram para o jogo, e com a boa pontaria de Calathes, deixaram tudo igual (42 a 42), e a equipe chegou a abrir quatro pontos de vantagem. Gasol, contudo, pontuou repetidamente e diminuiu a diferença para uma bola (57 a 55).

A Espanha dominou o início do quarto final. Freou o embalo grego, que marcou apenas quatro pontos em cinco minutos, e voltou com gordura à liderança (66 a 60). Mirotic converteu dois lances e aumentou a vantagem (68 a 61), mas o minuto final foi crucial para a reação dos gregos.

Aproveitando-se dos erros adversários, Calathes meteu bandeja e bola de três e diminuiu a diferença para um ponto (72 a 71) a 4,1 segundos do fim. O grego cometeu falta em Gasol, que converteu o primeiro lance e errou o segundo. Antetokounmpo pegou o rebote, e, no estouro do cronômetro, arriscou da metade da quadra. Sem perigo, a bola bateu na tabela e os espanhóis puderam comemorar a suada classificação.

Caso vença a semifinal, Espanha conquista vaga direta nas Olimpíadas do RIo (foto: Philippe Huguen/AFP)
Caso vença a semifinal, Espanha conquista vaga direta nas Olimpíadas do RIo (foto: Philippe Huguen/AFP)