Mais esportes/Basquete

Com 12 equipes, Campeonato Paulista de basquete masculino terá início em agosto

São Paulo , SP
22/05/2019 14:33:03

Em: Basquete, Mais Esportes, Notícias
Federação recebeu os representantes das equipes paulistas para o congresso técnico (Foto: Divulgação)

O Campeonato Paulista Masculino Séria A-1 de 2019 terá início no dia 2 de agosto e reunirá 12 das mais tradicionais equipes de basquete do país. O torneio chega à sua 77ª edição e tem previsão para terminar no dia 10 de outubro deste ano.

Os times que disputarão o título estadual serão: Sesi-SP/Franca Basquete, Paulistano/Corpore, Bauru Basket, Esporte Clube Pinheiros, Mogi das Cruzes/Helbor, São José Basketball, Sport Club Corinthians Paulista, Basquete Osasco, América/UNIRP/São José do Rio Preto, Rio Claro Basquete, Basquete Unifae/São João da Boa Vista e São Paulo Futebol Clube.

Nesta terça-feira, representantes das equipes que disputarão o Campeonato Paulista estiveram reunidos na sede da Federação Paulista de Basketball, na cidade de São Paulo, para a realização do congresso técnico da competição. O encontro foi conduzido pelo presidente da entidade, Enyo Correia, e, dentre outros assuntos, foi definido o sistema de disputa.

“A reunião foi bastante proveitosa. Todos os representantes das equipes interagiram juntamente comigo, buscando uma melhor solução que acomodasse a todos. E foi definido pela maioria o objetivo ideal para todos. O Campeonato Paulista é o maior torneio regional do país, sempre despontando novos talentos, oportunidades e valorização do basquete junto a essa garotada que vem buscando a participação na divisão de elite do nosso campeonato”, avaliou o presidente Enyo Correia.

A tabela dos confrontos do torneio será divulgada na próxima segunda-feira. Seis dias depois, serão anunciados o regulamento e a fórmula de disputa da competição.

“Todas as equipes deram uma demonstração de muito interesse durante o congresso, uma reunião muito produtiva, onde chegamos a um bom senso e harmonia de fazermos um campeonato que seja do agrado de todos os clubes”, avaliou Lula Ferreira, gestor técnico do Sesi Franca.

“O que notamos é que, ao longo dos anos, nós estamos conseguindo trazer democracia para o congresso, o que é muito importante. Hoje foi um exemplo clássico disso. Tínhamos três possibilidades de formatação do campeonato, pensamos numa quarta e acabamos fechando em uma quinta. Isso é enriquecedor para os clubes, para a Federação e para o Campeonato Paulista”, afirmou Lucas Moura Costa, supervisor de basquete Paulistano.

Uma das grandes novidades da edição de 2019 é a volta do time do São Paulo, assim como do Rio Claro. Já o São João da Boa Vista disputará o estadual pela primeira vez. No ano passado, o Campeonato Paulista teve dois times a menos do que a edição de 2019. O campeão em 2018 foi o Sesi Franca, que no ano passado derrotou o Paulistano na série final, disputada com o sistema de melhor de três jogos.

Lula antecipa que o time francano vai defender o título: “Para o Sesi Franca foi muito importante ter ganho o título paulista do ano passado, após muitos anos (11 anos), com uma repercussão muito grande na cidade e é óbvio que vamos buscar o bicampeonato. A gente sabe que vai ser um campeonato bem mais equilibrado, bem mais difícil, com um número maior de equipes, com melhor qualidade e acho que isso faz o esporte crescer. São Paulo mais uma vez dá o exemplo de um estado forte, que faz basquete desde as categorias de base e que reflete no seu campeonato adulto de altíssimo nível.”

O Paulistano também não quer ficar pra trás. “Nossa expectativa é manter o mesmo nível, montar uma equipe com o mesmo patamar técnico para que a gente sempre possa estar entre os finalistas”, garantiu Lucas Moura Costa.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com