Mais Esportes/Basquete

Basquete Cearense faz história e elimina atual campeão Paulistano no NBB

São Paulo , SP
09/04/2019 09:05:17

Em: Basquete, Mais Esportes, NBB - Novo Basquete Brasil, Notícias
Cearense foi apenas o 12º na tabela de classificação geral e eliminou na última segunda-feira o quinto colocado e atual campeão do NBB, Paulistano (Foto: Willian Oliveira/CAP)

“Impossível e improvável não estão no nosso dicionário!”, escreveu o Basquete Cearense em suas redes sociais após a segunda vitória, em melhor de três jogos, avançando às quartas de fina do Novo Basquete Brasil (NBB) na última segunda-feira. Pelo placar de 84 a 74, no Ginásio Antônio Prado Júnior, em São Paulo, os cearenses se tornaram a primeira equipe da competição a eliminar um atual campeão nas oitavas de final sem perder nenhum jogo.

“Era um playoff impossível. Muitos acharam que só tínhamos ido bem no Jogo 1 por estar em casa e tinha certeza que essa série teria Jogo 3. Não tenho nem palavras para descrever o que estou sentindo. Até chorei, é uma sensação indescritível. Por tudo que passamos, merecemos essa classificação. Estou muito feliz”, revelou o técnico Dannyel Russo.

O triunfo da equipe foi construído de forma coletiva, com cinco atletas pontuando em dígitos duplos: Felipe Ribeiro (17 pontos), Paulo Lourenço (15), Paulinho Boracini (12), Bruno Fiorotto (11) e Rashaun (dez). Porém, o destaque mesmo ficou com o último quarto, vencido pelo Cearense por 38 a 21 depois de um terceiro período com sete pontos atrás do adversário.

“Conseguimos brecar o ritmo de jogo do Paulistano. Viemos aqui respeitando eles. A gente sabia que se ‘abrisse fogo’ contra eles seria muito pior para nós. Fizemos um jogo muito psicológico, seguramos a bola, atacamos com responsabilidade e por isso merecemos a vitória”, destacou Felipe Ribeiro.

Essa é a segunda vez na história (e consecutiva) que o Carcará ganha uma série de playoff e vai às quartas de final do NBB. Na temporada passada, a equipe eliminou o EC Pinheiros nas oitavas de final (3 a 1) e acabou eliminado pelo Paulistano/Corpore nas quartas (3 a 1). Agora classificado, o time do técnico Danyel Russo terá o Mogi (4ª melhor campanha) pela frente.