Futebol/Copa RS Sub-20

Palmeiras vence São Paulo nos pênaltis e conquista a inédita Copa RS Sub-20

São Paulo , SP
16/12/2018 14:04:42 — 16/12/2018 15:13:05

Em: Escolha do editor, Futebol, Notícias, Palmeiras, São Paulo
Papagaio marcou no tempo normal para o Palmeiras, que se sagrou campeão da Copa RS Sub-20 neste domingo em cima do São Paulo (Foto: FGF/Divulgação)

O calor era forte em Porto Alegre, mas isso não fez com que o Palmeiras não conquistasse a Copa Rio Grande do Sul de Futebol Sub-20 neste domingo, no Complexo Universitário da PUC-RS. Com início às 10h30 (de Brasília), Papagaio e companhia empataram por 1 a 1 no tempo normal contra o São Paulo e, na disputa dos pênaltis, levou a melhor.

A grande final foi uma reedição da do ano passado, quando as duas equipes também se enfrentaram na decisão. Naquela ocasião, porém, o Tricolor levou a melhor com um a menos e perdendo até os 40 minutos do segundo tempo. Neste domingo, o Verdão não deixou passar o título e quebrou uma sequência de três conquistas consecutivas da equipe rival.

Esta é a primeira vez que o Palmeiras Sub-20 conquista a Copa RS. Em outras três ocasiões foi vice-campeão nos confrontos contra Cruzeiro, Internacional e São Paulo, em 2017. Com essa conquista, a equipe Sub-20 do Verdão fatura seu terceiro título no ano: antes foram o Paulista e o Brasileirão.

O gol do Palmeiras foi marcado pelo artilheiro da competição, Papagaio, que deixou seu sétimo tento no torneio. Nos pênaltis, além dele também converteram Lincon, Esteves e Patrick de Paula, enquanto Iago parou em Thiago Couto. Pelo lado do Tricolor, Toró fez um no tempo regular e, nas penalidades, a equipe perdeu duas cobranças com Danilo e Fasson. Morato, Paulinho e Weverson converteram.

O jogo

A partida começou bastante nervosa para ambas as equipes. Logo no primeiro lance, falta para o Palmeiras e cobrança nas mãos de Thiago Couto. A resposta do Tricolor veio aos cinco minutos, com chute de Fabinho perto da trave de Gomes.

Em bom momento do Verdão no jogo, Marcus Meloni cruzou pela direita e Papagaio, bem posicionado, apenas mandou para o fundo das redes, aos nove minutos. Este foi o sétimo gol do artilheiro isolado da competição. Logo em seguida, Guilherme Vieira quase ampliou o marcador ao chutar cruzado.

O São Paulo sentiu o baque e ficou um pouco confuso em campo, porém acionou Toró pela direita em vários momentos. Aos 20 minutos, partida já estava equilibrada novamente, com ótimos lançamentos do Tricolor e boas chegadas do Verdão.

Aos 27 minutos, Rodrigo Nestor chutou diretamente para o gol e Gabriel Furtado desviou, assustando Gomes. Mesmo assim, o goleiro palmeirense mandou a bomba para escanteio. A resposta alviverde veio aos 30, com chute na trave de Alanzinho e, no rebote, Papagaio mandou para fora. No restante do tempo, pressão verde para cima do gol de Thiago Couto, mas o placar não foi modificado.

Na volta para a segunda etapa, as duas equipes começaram bastante concentradas, mas foi o São Paulo que levou a melhor ao empatar logo aos cinco minutos, com Toró. Ele aproveitou um rebote e a desatenção da zaga palmeirense e deixou a decisão acirrada. 1 a 1.

O jogo ficou um pouco mais truncado no meio de campo, com lances de perigo para ambas as equipes. Porém, o Palmeiras sentiu o baque e não conseguiu manter a marcação forte como estava no primeiro tempo e quase levou a virada com erro do goleiro Gomes, que se atrapalhou com a saída de bola e permitiu que Toró chutasse para o gol. A zaga tirou a bola de cima da linha!

Segundo tempo seguiu mais tenso e marcação na saída de bola. Aos 33, Gabriel Sara chegou mais uma vez e chutou, mas Gomes mandou a bola para escanteio e evitou a virada do Tricolor. Nos minutos finais, pressão palmeirense no ataque, mas nenhuma chance foi convertida em gol e a decisão foi para os pênaltis.

Morato começou as cobranças e converteu, seguido de Papagaio, que deixou tudo igual. Na sequência, Danilo, do Tricolor, chutou para fora e Lincon deixou o Palmeiras em vantagem. Paulinho fez e Iago desperdiçou, mas Weverson e Esteves acertaram seus chutes, deixando tudo igual. Por fim, Gomes defendeu a cobrança de Fasson e Patrick de Paula fechou as cobranças com bola no fundo da rede, tornando o Palmeiras campeão do torneio.




  • João Santa Rosa Neto.

    Valeu Molecada Parabéns !!!!

  • João Santa Rosa Neto.

    Resta saber se essa Diretoria vai enfiar o Papagaio no cu..

    • Fābrīćīō Mārzągāo

      No Profissional nao joga bem mais merecia mais chances !

  • BEPA

    O MELOR TIME SUB 20 DO VERDÃO DE TODOS OS TEMPOS, GANHARAM PRATICAMENTE TUDO