Gazeta Esportiva

MP pede indenização de R$ 1 milhão por desmaio de jogadoras no Piauí

São Paulo, SP

05/10/15 | 18:50

(Foto: Divulgação)
Duelo entre Tiradentes e Viana, há duas semanas, terminou com desmaio de seis jogadoras devido ao calor (Foto: Divulgação)

O Ministério Público do Piauí protocolou, nesta segunda-feira, um pedido de indenização de R$ 1 milhão à CBF pelos incidentes ocorridos na partida entre Tiradentes-PI e Viana-MA, em Teresina, pelo Campeonato Brasileiro feminino, há duas semanas. Na ocasião, seis atletas desmaiaram em campo devido ao forte calor.

A denúncia, feita pelo procurador Edno de Carvalho, refere-se às condições insalubres às quais as jogadoras são submetidas na competição. No caso do duelo em Teresina, o jogo teve início às 15h, quando a temperatura na capital piauiense superava os 40°C.

A ação pede R$ 100 mil por cada jogo iniciado no horário considerado insalubre, o que chegaria à beira de R$ 1 milhão. Além disso, o documento pede que a CBF não marque partidas em um horário inferior às 17h no Piauí.

Marco Aurélio Cunha, coordenador de futebol feminino da entidade, ironizou o pedido do MP. “Se for assim, não vai mais ter futebol. O Brasil é muito grande. Tem diversas especificidades. Há, por exemplo, estádios que não podem receber o jogo no fim do dia, por não terem condições de dar iluminação artificial. Mas, vamos esperar. O departamento jurídico vai cuidar disso", disse em entrevista à Folha de S.Paulo.

Deixe seu comentário