Maycon admite que o Corinthians alimentou sonho de título dos rivais

Helder Júnior - São Paulo , SP
28/09/2017 08:00:07

Em: Brasileiro Série A, Corinthians, Futebol
O Corinthians de Maycon tem o rival Palmeiras como nova ameaça ao troféu (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Apesar de ainda manter 84% de chances de conquistar o título do Campeonato Brasileiro, segundo cálculo do matemático Tristão Garcia, e 10 pontos de vantagem sobre o vice-líder Santos, o Corinthians reanimou os seus concorrentes ao troféu. A má campanha do time de Fábio Carille no segundo turno fez mais equipes passarem a cobiçar a liderança.

“Nos últimos jogos, demos margem para outros times sonharem”, admitiu o volante Maycon, para quem o Corinthians precisa mostrar força contra Cruzeiro, Coritiba, Bahia, Grêmio e Botafogo. “Esses próximos cinco jogos são fundamentais, decisivos. Temos uma pontuação boa e uma vantagem que poderá aumentar ou diminuir. Vamos fazer tudo para, no mínimo, mantê-la e esperar as últimas rodadas para ver quantos pontos faltam para ser campeão”, comentou.

Hoje, o Corinthians soma 54 pontos, contra 44 do Santos e 43 do Grêmio e do Palmeiras. A distância poderia ser maior se o líder não tivesse sofrido uma queda brusca de rendimento no returno. Até então invicto, perdeu em casa para o Vitória e o Atlético-GO, ameaçados de rebaixamento, além de ter caído na Vila Belmiro diante dos santistas. Ainda empatou com o São Paulo no último fim de semana e sofreu para bater a Chapecoense e o Vasco pelo placar mínimo.

A campanha do Corinthians no returno, portanto, é digna de quem luta para evitar a queda à Série B. O time estaria na 15ª posição se apenas os seus últimos seis jogos fossem levados em consideração. Quarto colocado do returno, o Palmeiras ascendeu e passou a ser visto como mais um candidato ao título, enquanto Santos e Grêmio não aproveitaram a chance para se aproximar da ponta da tabela.

“O Campeonato Brasileiro é muito difícil. Você vê que a gente não consegue embalar, mas as outras equipes também não. Elas não chegam porque o campeonato é complicado”, avaliou Maycon, embora consciente de que o Corinthians não pode contar somente com fracassos dos seus rivais. “Estamos nos cobrando para ter um melhor desempenho. O resultado pode não vir, mas temos que melhorar o desempenho.”

Para melhorar o desempenho do Corinthians, o técnico Fábio Carille conta com um maior acerto de número de passes e finalizações, fundamentos em que a sua equipe está deixando bastante a desejar. “Com certeza”, concordou Maycon. “Devemos pensar em nós mesmos, independentemente de o vice-líder ser o Grêmio, o Santos ou o Palmeiras. Estamos lutando pelo nosso bom futebol. Voltando a ser o de antes, teremos muitas chances de vencer os jogos e consequentemente o campeonato”, concluiu o jovem volante.