Gazeta Esportiva

Levir evita culpar a arbitragem e destaca boa exibição do Galo em SC

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

26/08/15 | 23:41

deddad
Técnico atleticano voltou a reclamar com a arbitragem após a partida contra o Figueira (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Com a cabeça fria, Levir Culpi seguiu um discurso diferente dos jogadores do Atlético-MG, que na saída do gramado do estádio Orlando Scarpelli reclamaram bastante da atuação da arbitragem na derrota atleticana para o Figueirense por 2 a 1, que eliminou o time mineiro da Copa do Brasil.

O técnico afirmou que a arbitragem errou ao expulsar Leonardo Silva no primeiro, mas, de forma humilde, reconheceu também que não foi dada uma penalidade clara para o Figueirense na partida.

"Foi visível esse erro de arbitragem. Foi visível também o erro da arbitragem em uma penalidade não dada para o Figueirense. O jogo teve esse problema, mas para a gente pesou mais, porque isso nos custou 60 minutos com um a menos", disse.

Levir Culpi ressaltou o bom desempenho da equipe atleticana e chegou a considerar a eliminação injusta. O treinador lamentou os gols sofridos em lances de bola parada, mas enalteceu o empenho de seus jogadores, que fizeram um jogo equilibrado mesmo em desvantagem numérica.

"Não foi justa, mas não dá para dizer que o Figueirense não mereceu, porque eles correram muito também. Não dá para dizer que o adversário não teve méritos, mas poderíamos ter passado. Jogamos para passar. O jogo, em si, foi decidido na bola parada. Lamento a nossa ausência em uma competição interessante, mas não lamento o empenho dos jogadores. Acabou a Copa do Brasil e, agora, é pensar no Brasileiro", avaliou Levir.

No domingo, o Atlético-MG volta a campo, desta vez pelo Campeonato Brasileiro. O Galo visita o Fluminense, às 16h, no Maracanã, buscando se aproximar do Corinthians, líder da competição.

Deixe seu comentário