Gazeta Esportiva

Violência em jogo de futebol deixa ao menos 127 mortos na Indonésia

AFP - São Paulo,SP

01/10/22 | 22:23 - 01/10/22 | 22:37

Ao menos 127 pessoas morreram depois que torcedores enfurecidos invadiram o gramado e a polícia respondeu com bombas de gás lacrimogêneo, após um jogo em Malang, Indonésia, na noite deste sábado, informaram as autoridades.

"No incidente, 127 pessoas morreram, inclusive dois policiais. Trinta e quatro pessoas morreram dentro do estádio e o restante no hospital", afirmou no domingo, em um comunicado, o chefe de polícia da província de Java Oriental, Nico Afinta.

Torcedores do Arema FC invadiram o gramado do estádio Kanjuruhan, na cidade de Malang (leste), depois que seu time perdeu por 3 a 2 para o Persebaya Surabaya, a primeira derrota em mais de duas décadas para seu arquirrival.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

A polícia tentou persuadir os torcedores a voltar para as arquibancadas e disparou gás lacrimogêneo na direção das arquibancadas depois que dois policiais foram mortos. Muitas vítimas foram pisoteadas até a morte.

"Eles correram para a saída. Houve, então, uma aglomeração e no processo ficaram sem ar", relatou Afinta.

O governo indonésio se desculpou pelo incidente e prometeu investigar as circunstâncias da tragédia.

"Lamentamos pelo incidente (...) Trata-se de um incidente lamentável, que 'fere' nosso futebol em um momento em que os torcedores podem assistir a partidas no estádio", disse o ministro indonésio de Esportes e Juventude, Zainudin Amali, à emissora local Kompas.

"Nós avaliamos rigorosamente a organização da partida e a presença dos torcedores. Voltaremos a proibir a presença da torcida nas partidas? Isto é o que vamos discutir", acrescentou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário