Torcida do San Lorenzo comemora retorno ao seu bairro de fundação

São Paulo, SP

01/07/19 | 10:16 - 01/07/19 | 11:25

A torcida do San Lorenzo comemorou na madrugada de domingo para esta segunda-feira o esperado retorno da equipe de Buenos Aires ao bairro de Boedo, Zona Oeste da cidade e local de fundação do clube.

Após ter vendido o Gasómetro em 1979, o clube passou 40 anos longe do bairro. O Ciclón recomprou o terreno do antigo estádio, onde funcionava um supermercado, tomando posse do terreno da Avenida La Plata, número 1700, em definitivo neste mês de julho.

Torcedores lotam entorno do futuro estádio do San Lorenzo em Boedo (Foto: Fernando Gens/TELAM/AFP)

O San Lorenzo espera a aprovação da Lei de Rezonificação para erguer sua nova casa no terreno. O estádio será nomeada em homenagem ao Papa Francisco, famoso torcedor da equipe argentina.

Afundado em dívidas, a tradicional equipe de Buenos Aires foi pressionada pela ditadura argentina a vender o antigo Gasómetro. O estádio foi derrubado para dar lugar a um projeto de urbanização defendido pelo governo da época. Pouco tempo depois, o espaço foi repassado para construção do primeiro hipermercado do país.

Nunca tendo se contentando com a construção do Nuevo Gasómetro, estádio onde o San Lorenzo disputa suas partidas desde 1993, na Zona Sul de Buenos Aires, o Ciclón sempre buscou alternativas para retornar a suas origens. Após protestos da torcida em 2012, foi aprovada a Lei de Restituição Histórica, que permitiu que o clube comprasse novamente o terreno.

Deixe seu comentário