Gazeta Esportiva

Torcedores da Juventus são condenados na França por saudação nazista e racismo

AFP - São Paulo,SP

24/01/23 | 15:53

Dois torcedores italianos foram condenados nesta terça-feira, em Paris. Um, por ter feito uma saudação nazista e outro, por imitar gestos de macaco no jogo entre Paris Saint-Germain e Juventus pela Liga dos Campeões da Europa, no Parque dos Príncipes, em 6 de setembro do ano passado.

Após a divulgação, nas redes sociais, de vídeos no setor das arquibancadas reservado aos torcedores da Juve, quatro pessoas foram detidas depois da partida.

No caso de dois deles, o processo foi arquivado, mas os demais tiveram que comparecer perante o tribunal correcional da Capital francesa.

Um deles foi condenado a pagar uma multa de 4 mil euros e proibido de entrar em estádios durante dois anos por ter feito uma saudação nazista na direção dos torcedores do PSG.

O outro, de 19 anos, foi condenado por injúria racial a pagar 1.500 euros de multa, com suspensão da pena, por ter feito gestos imitando um macaco.

Ambos também foram condenados a pagar uma quantia simbólica de 1 euro por danos e prejuízos e 800 euros em gastos com advogados das associações SOS Racisme e a Liga Internacional Contra o Racismo e o Antissemitismo (Licra), partes civis envolvidas no processo.

Deixe seu comentário