Roma e Feyenoord avançam e são finalistas da Liga Conferência

São Paulo, SP

05-05-2022 17:55:48

Ao mesmo tempo, dois jogos válidos pela segunda semifinal da Liga Conferência aconteceram nesta quinta-feira, na França.

No Estádio Olímpico, a Roma superou o Leicester City por 1 a 0 e avançou à final da competição. Já no Estádio Vélodrome, o Feyenoord encarou o Olympique de Marselha e empatou em 0 a 0, mas conquistou vaga pela vantagem da ida.

Agora, Roma e Feyenoord se preparam para decidir o torneio. Os dois fazem o embate final no dia 25 de maio, quarta-feira, às 16 horas (de Brasília).

Roma vence Leicester City em casa

O primeiro duelo das equipes válido pela semifinal da Liga Conferência terminou em 1 a 1. Lorenzo Pellegrini marcou para a Roma e Gianluca Mancini empatou para o Leicester City. Com a contagem final, o agregado ficou em 2 a 1.


No encontro da vez, o time da casa abriu o placar bem no começo da etapa inicial. Na marca dos dez minutos, Pellegrini cobrou escanteio pela esquerda, mas sem sucesso quando lançou à área.

Porém, em uma nova oportunidade pelo lado oposto, o meia achou Tammy Abraham, que subiu mais que todos e cabeceou para o gol.

Feyenoord aproveita vantagem e empata com Olympique fora de casa

O destaque da primeira semifinal deste jogo foi o gol marcado por Gerson na derrota do Olympique por 3 a 2. Apesar do tento brasileiro, a equipe comandada por Jorge Sampaoli não conseguiu segurar a igualdade.

O placar zerado desta tarde classificou o Feyenoord, que aproveitou a vantagem da ida para avançar.


O jogo foi majoritariamente morno. Pelo lado francês, a melhor jogada da equipe de Marselha no primeiro tempo foi quando Payet ainda estava em campo, já que foi substituído após se lesionar. O camisa 10 recebeu na lateral e puxou para dentro para bater, mas sem êxito.

Pelo lado holandes, a melhor opção para gol na primeira etapa foi com Guus Til. O meio-campista do Feyenoord recebeu belo passe dentro da área, mas seu chute foi bloqueado.

Nos últimos 45 minutos, uma das melhores jogadas foi com Luis Sinisterra. Após receber lindo cruzamento, o jogador cabeceou para o gol, mas o goleiro mostrou grande reflexo e defendeu.

Após a metade do tempo, o Olympique começou a pressionar e usar os lançamentos à seu favor, sem pensar tática e tecnicamente, porém a mira estava em falta e a equipe do técnico ex-Santos não reverteu o agregado.

Deixe seu comentário