Racing empata com Tigre e se sagra campeão argentino de 2018/2019

São Paulo, SP

31-03-2019 20:38:28

O Racing empatou com o Tigre fora de casa, neste domingo, por 1 a 1, em partida válida pela 25ª e penúltima rodada da Superliga Argentina, e se sagrou campeão nacional da temporada 2018/2019. Com o triunfo, a equipe de Avellaneda chegou a 56 pontos no topo da tabela, quatro a mais que o segundo colocado Defensa y Justicia, com apenas um jogo a ser disputado.

Em pé: Lisandro López, Domínguez, Sigali, Donati, Mena e Arias. Agachados: Solari, Cvitanich, Zaracho, Fernández e Saravia. (Foto: Alejandro Pagni/AFP)

O título argentino de 2018/2019 é o 18º da história do Racing, o terceiro clube com mais conquistas no país, atrás apenas de River Plate, com 36, e Boca Juniors, com 32. A taça é a segunda do clube na década, que também faturou o campeonato em 2014.

Liderando o torneio quase de ponta a ponta, a Academia se sagrou campeão com 17 vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas. O time comandado por Eduardo Coudet tem o melhor ataque da Superliga, com 42 gols anotados, e a defesa menos vazada, com 15 gols tomados.

O jogo

Em jogo truncado, o Racing visitou o Tigre, que luta contra o rebaixamento, e teve muita dificuldade para garantir o título argentino. Mesmo com o time completo, a Academia teve as ações igualadas pela equipe da casa e foi para os vestiários com o 0 a 0 no placar.

No segundo tempo, o líder argentino anotou o seu único gol, aos 22 minutos, em jogada que contou com uma boa dose de sorte e falha da arbitragem. Em chute prensado de Zaracho, a bola, que parecia despretensiosa, acabou encobrindo o goleiro, que chegou a dar um toque para evitar o gol mas não afastou o perigo. A bola acabou pingando livre dentro da pequena área e se oferecendo para Solari empurrar para as redes. O meia estava em posição irregular na jogada mas a arbitragem validou o tento.

Quando o título já parecia decidido, o Tigre empatou a partida em cobrança de falta já aos 48 minutos. Montillo, ex-Cruzeiro e Santos, bateu com força e contou com falha de Arias para a bola entrar. 1 a 1. Mesmo assim, como o Defensa y Justicia empatou seu jogo contra o Unión Santa Fé, a equipe de Avellaneda manteve os quatro pontos de vantagem e se sagrou campeão.

Festa antecipada

Antes da partida, os torcedores do Racing fizeram grande festa na saída da delegação do clube rumo ao estádio José Dellagiovanna. Na expectativa do título, a torcida argentina cercou o ônibus dos jogadores para apoiar o elenco.

A festa do título acontecerá na última rodada do Argentino, quando o Racing recebe o vice-campeão Defensa y Justicia em sua casa, o Estádio Presidente Perón, o Cilindro, no próximo domingo.

Confira a tabela da Superliga Argentina na 24ª rodada:

1° Racing - 56
2º Defensa y Justicia - 52
3º Boca Juniors - 50
4º River Plate - 45
5º Atlético Tucumán - 42
6º Vélez Sarsfield - 37
7º Independiente - 35
8º Unión Santa Fé - 34
9º Lanús - 34
10º Talleres - 33
11º Huracán - 32
12º Aldosivi - 32
13º Tigre - 32
14º Godoy Cruz - 32
15º Newell's Old Boys - 28
16º Banfield - 28
17º Estudiantes - 27*
18º Rosario Central - 27
19º Gimnasia La Plata - 26
20º Patronato - 23
21º San Lorenzo - 22
22º Colón - 22*
23º Argentinos Juniors - 22
24º Belgrano - 21
25º San Martín - 21*
26º San Martín de Tucumán - 21*

*ainda jogam pela 24ª rodada da Superliga

Deixe seu comentário