Mário Fernandes obtém cidadania e pode defender a seleção russa

São Paulo, SP

13-07-2016 21:22:47

CSKA comemorou naturalização de Mário Fernandes através do Twitter (Foto: Reprodução/Twitter)
CSKA comemorou naturalização de Mário Fernandes através do Twitter (Foto: Reprodução/Twitter)

O lateral direito Mário Fernandes está oficialmente liberado para defender a seleção russa de futebol. Nesta quarta-feira, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, publicou um decreto em que aprova o pedido de cidadania do jogador, que atualmente defende o CSKA Moscou.

Em nota publicada no site de seu clube, Mário Fernandes comemorou a confirmação de sua cidadania russa. "Depois de chegar ao CSKA em 2012, a Rússia tornou-se um verdadeiro lar para mim. Eu tinha um verdadeiro desejo de receber a nacionalidade e poder jogar pela seleção", enalteceu o lateral, que poderá defender a seleção russa em partidas oficiais a partir de 2017.

O atleta do Brasil se tornou o terceiro jogador estrangeiro a conseguir a naturalização russa nesta temporada, se juntando ao goleiro brasileiro Guilherme, do Lokomotiv Moscou, e ao volante alemão Roman Neustädter, do Schalke 04. Uma das grandes expectativas do jogador é uma possível convocação para a Copa do Mundo de 2018, a ser realizada justamente na Rússia.

Nascido na cidade de São Caetano do Sul (SP), Mário Fernandes ficou marcado após recusar uma convocação da Seleção Brasileira para a disputa do Superclássico das Américas contra a Argentina, em 2011. O motivo alegado pelo jogador foi de problemas pessoais. O lateral, no entanto, acabou se juntando à equipe canarinho em 2014, ficando no banco de reservas de um amistoso contra o Japão, o que não impede o atleta de defender a seleção russa por se tratar de uma partida não-oficial.

Revelado pelo Grêmio, Mário Fernandes atuou com a camisa do Tricolor Gaúcho por quase cem partidas, mas deixou o clube somente com a conquista do Estadual em 2010. Já na Rússia, o atleta de 25 anos vem construindo uma passagem vitoriosa, com três títulos do Campeonato Russo até o momento.

 

Deixe seu comentário