Justiça norte-americana marca audiência de mais dois acusados do caso Fifa

São Paulo, SP

28-07-2015 21:53:52

A Justiça norte-americana divulgou nesta terça-feira a lista dos próximos passos para as investigações dos dirigentes ligados à Fifa, acusados de corrupção e lavagem de dinheiro. O ex-vice-presidente da entidade ex-presidente da Concacaf, Jeffrey Web, e Aaron Davidson, mandatário da Traffic Sports USA, são os únicos com audiências marcadas.

Webb pagou 10 milhões de dólares para responder ao processo em liberdade e teve sua audiência marcada para o dia 17 de agosto. Enquanto isso, Davidson será ouvido no próximo dia 18 de setembro.

Seis dos 14 indiciados seguem presos em Zurique, na Suíça. Entre eles está o ex-presidente da CBF José Maria Marin.

Davidson negocia sua delação premiada e, por isso, pode estar colocando em jogo também o brasileiro Marco Polo Del Nero, atual presidente da CBF.

Além de Marin, Eduardo Li, Eugenio Figueiredo, Julio Rocha, Costa Takkas e Rafael Esquivel seguem detidos em território suíço. O ex-presidente da Conmebol, Nicolas Leoz, está em prisão domiciliar.

Deixe seu comentário