Fifa marca para setembro as primeiras reuniões do Comitê de Reforma

São Paulo , SP
20/08/2015 14:23:19

Em: Bastidores, Futebol Internacional
Conselho que discutirá princípios da reforma na Fifa se reunirá no início de setembro (Foto: Divulgação/AFP)
Conselho que discutirá princípios da reforma na Fifa se reunirá no início de setembro (Foto: Divulgação/AFP)

O líder do Comitê de Reforma da Fifa, François Carrard, que junto com o italiano Domenico Scala é responsável por orquestrar o processo de sucessão presidencial na entidade, estipulou nesta quinta as datas para as primeiras reuniões do conselho de reforma, que devem acontecer nos dias 2 e 3 de setembro deste ano, em Zurique.

A partir do momento em que Joseph Blatter, sentindo-se ameaçado pelas diversas investigações que envolveram a Fifa desde o final de maio – quando sete dirigentes ligados à entidade tiveram a prisão decretada pelo FBI -, decidiu abrir mão de exercer o que seria seu quinto mandato à frente da instituição, tal comitê foi instaurado para organizar os eixos norteadores do processo de reforma.

Após “colocar o cargo à disposição”, como deixou claro em uma de suas últimas declarações, Joseph Blatter segue como principal mandatário da entidade até 26 de fevereiro de 2016, data em que serão realizadas as novas eleições presidenciais da Fifa. Confirmados no pleito já estão o sul-coreano Chung Mong-joon, o francês Michel Platini e o príncipe jordaniano Ali Bin Al Hussein, que concorreu contra Blatter no pleito de maio.

O presidente da Federação Liberiana de Futebol, Musa Bility, já sinalizou a intenção de concorrer ao cargo e agora busca o apoio necessário para oficializar a candidatura. Na mesma situação estão os ex-jogadores Zico (que já tem o respaldo da CBF e agora busca o apoio de outras quatro federações) e Diego Maradona, que por meio de um vídeo deixou claro a intenção de concorrer, mas ainda não formalizou nada.

O prazo final para a oficialização das candidaturas ao cargo de presidente é 26 de outubro de 2015, exatos quatro meses antes das eleições, que acontecerão na sede da Fifa, em Zurique, em fevereiro do próximo ano.