Fifa estende regras trabalhistas temporárias decorrentes da guerra na Ucrânia

São Paulo, SP

21-06-2022 11:24:23

A Fifa anunciou nesta terça-feira que estendeu as regras trabalhistas temporárias criadas em decorrência da guerra na Ucrânia. Os jogadores e treinadores estrangeiros terão, com isso, mais tempo para buscar um acordo com seus clubes e para suspender seus contratos, se assim quiserem.

Com a guerra na Ucrânia, a Fifa passou a trabalhar na tentativa de garantir a melhor situação possível para que jogadores e treinadores contratados por clubes afiliados às associações russa e ucraniana possam seguir jogando, treinando e recebendo ps salários. Para isso, em março deste ano, a entidade máxima do futebol adotou uma série de regras trabalhistas temporárias para permitir que estes profissionais saiam de seus clubes com mais facilidade.

Em março, a Fifa anunciou que em caso de não haver acordo entre clubes e jogadores ou treinadores estrangeiros até o dia dez do mesmo mês, estes teriam o direito de encerrar o contrato de forma unilateral até o dia 30 de junho, quando se encerra a temporada na Rússia e na Ucrânia.

Agora, os jogadores e treinadores estrangeiros terão até o 30 de junho para chegar a um acordo com seus clubes e, caso isso não aconteça, poderão encerrar seus contratos de forma unilateral até o dia 30 de junho de 2023.

Além disso, os jogadores menores de 18 anos, cuja transferência internacional não é permitida em situações normais, poderão se transferir para clubes de outros países caso tenham abandonado a Ucrânia com seus pais em razão do conflito armado.

Deixe seu comentário