Felipe faz gol e Porto se classifica; time de Pato perde e é eliminado

São Paulo, SP

23-08-2016 17:48:36

O Porto entrou em campo nesta terça-feira precisando marcar gols contra a Roma, no estádio Olímpico de Roma, para avançar à fase de grupos da Liga dos Campeões. Com gol do zagueiro Felipe, ex-Corinthians, o time português garantiu a classificação ao vencer por 3 a 0.

O zagueiro brasileiro se redimiu nesta terça. No primeiro jogo Felipe foi o responsável por fazer o gol contra do Porto, dando vantagem à Roma. Jogando fora de casa, o zagueiro precisou de oito minutos para balançar as redes à favor, em partida que contou com duas expulsões da Roma e gols de Layún e Corona.

Com a vitória, o Porto avançou à fase de grupos da Liga dos Campeões, e aguarda o sorteio para definir em qual grupo irá cair.

O jogo - Nem o torcedor mais pessimista da Roma podia imaginar o desfecho que o jogo desta terça-feira teria. Jogando em casa, o clube até começou bem no jogo, com o volante belga Nainggolan arriscando de fora da área. No entanto, bastaram sete minutos para o zagueiro ex-Corinthians, Felipe, balançar as redes. Otávio cobrou falta e Felipe testou firme para abrir o marcador: 1 a 0.

Com o revés sofrido, o técnico Luciano Spalletti teve que apostar no ataque. Aos nove minutos, Strootman bateu cruzado e o zagueiro Felipe tirou o perigo. Com o time português recuado, a Roma tentava de todas as formas furar o ferrolho, mas sem efetividade. Quando conseguia finalizar, o experiente goleiro Iker Casillas salvava os Dragões.

Aos 38 minutos, um balde de água fria caiu nos torcedores romanos. O capitão da Roma, o lateral De Rossi, deixou o pé em uma dividida com Maxi Pereira e levou o cartão vermelho direto, deixando o time da casa com 10 jogadores. Com o desfalque, Spalletti promoveu a entrada do lateral brasileiro Emerson.

Na volta do intervalo, outra péssima notícia para os torcedores que compareceram ao Estádio Olímpico. Com quatro minutos da segunda etapa, Emerson deu um carrinho no adversário e recebeu o cartão vermelho. Com nove jogadores em campo, a Roma precisava empatar a partida para levar aos pênaltis.

Mesmo com 1 a 0 no placar, o Porto sentiu que poderia ampliar o placar. Em dois lances parecidos, o volante André Silva finalizou e contou com a defesa de Szczesny. Aos 28 minutos, em rápido contra-ataque, o goleirão saiu mal e viu Layún o driblar e chutar cruzado: 2 a 0.

A Roma acusou o golpe, e sofreu o nocaute aos 29 minutos. O meia Jesús Corona driblou o zagueiro Manolas e soltou uma paulada sem chances para Szczesny: 3 a 0 e classificação garantida.

Time de Pato é eliminado - O Villarreal precisava de uma vitória para avançar à fase de grupos da Liga dos Campeões. Depois de perder por 2 a 1 em casa, com gol de Alexandre Pato, o time espanhol sofreu uma nova derrota, por 1 a 0, nesta terça-feira, e acabou dando adeus à Liga dos Campeões.

Com a vitória, o Monaco garantiu vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões, e agora espera um sorteio para definir em qual grupo irá cair.

O jogo - Com apenas uma vitória nos últimos oito jogos, o Submarino Amarelo precisava marcar gols para avançar, no entanto, quem começou assustando foi o Monaco. Com apenas dois minutos, Bernardo Silva cruzou para Germain que testou firme, mas viu a bola tirar tinta da trave.

Em um primeiro tempo de muita marcação no meio-campo, a partida foi de poucas emoções. Em um dos raros lances de ataque, Lemar chutou de primeira após cruzamento, mas o goleiro conseguiu salvar em cima da linha. Antes do final do primeiro tempo o Submarino Amarelo teve sua primeira chance: Fabinho perdeu a bola no meio e permitiu o contra-ataque do clube espanhol, que contou com o chute de Borrié e a defesa de Subasic.

Já na segunda etapa, o Villarreal começou pressionando. O atacante Borrié driblou o zagueiro brasileiro Jemerson e chutou firme, mas para fora. Depois de um início disputado, a partida voltou a ficar morna. Apenas aos 43 minutos o jogo voltou a ter uma jogada de perigo.

Sidibé cruzou bola na área, que bateu nas costas de Musacchio e o juizão assinalou pênalti. Na cobrança, o volante brasileiro Fabinho cobrou bem e garantiu a vitória do Monaco por 1 a 0.

Confira o resultado dos jogos desta terça-feira da Liga dos Campeões:

H. Beer Sheva 2 x 0 Celtic*
Legia* 1 x 1 Dundalk
Plzen 2 x 2 Ludogorets*

* Avança à fase de grupos da Liga dos Campeões

Deixe seu comentário