Benzema afirmou que caso Valbuena não passa de um mal-entendido

São Paulo, SP

02-12-2015 09:06:20

Jogador do Real Madrid se defendeu de acusações de chantagem ao compatriota após ser detido (Foto: VALERY HACHE/AFP)
Jogador do Real Madrid se defendeu de acusações de chantagem ao compatriota após ser detido (Foto: VALERY HACHE/AFP)

Após sua prisão por ser acusado de estar envolvido no caso de chantagem a Valbuena, o atacante Karim Benzema precisou prestar explicações frente à justiça francesa. O conteúdo de seu depoimento permanecia desconhecido até esta quarta-feira, quando o jornal francês Le Monde divulgou o que foi alegado pelo atleta do Real Madrid para se defender, quando argumentou que a história foi mal-entendida como uma chantagem, quando na verdade a intenção era só que Valbuena fosse avisado dos riscos que sofria.

“Isso tudo é um grande mal-entendido. No príncipio, apenas queria que o Mathieu tomasse consciência da história e avisei para tentar ajudá-lo. Estamos falando de alguém que jogava comigo na seleção francesa e é um grande amigo”, defendeu-se o jogador.

Ainda na conversa por telefone que acabou revelada na época em que foi detido, onde conta a um amigo sobre a situação do companheiro de seleção francesa, Benzema garantiu que não houve má fé na maneira bem-humorada em que contava os acontecimentos.

"Pode-se escutar durante a conversa que estou fazendo piada. Falo apenas de ajudá-lo. Não havia segundas intenções", explicou.

O jogador ainda explicou o uso do termo “tarlouze” na mesma conversa, que em francês trata-se de uma maneira pejorativa de se referir a homossexuais. Para o atacante, o uso da palavra não foi com a intenção de ofender, uma vez que ele possui o costume de se dirigir a todos os seus amigos desse modo.

“É uma maneira que tenho de chamar meus amigos, falo frequentemente assim, com qualquer um deles. Para mim, para minha geração, não é desrespeitoso", argumentou.

Deixe seu comentário