Edu Gaspar sinaliza que Sochi será sede da Seleção na Copa do Mundo

São Paulo, SP

23-10-2017 23:38:21

A Seleção Brasileira está muito próxima de confirmar o local em que ficará hospedada durante toda a Copa do Mundo da Rússia, no ano que vem. Depois de se alistar para ficar em Sochi, balneário do país, a CBF teve de aguardar a Áustria ficar de fora do Mundial para ganhar a prioridade na região. Agora, a realidade se mostra bastante favorável para o técnico Tite e seus comandados.

O coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, e Tite já haviam adiantado que a prioridade era se estabelecer em um local que aliasse uma boa estrutura de trabalho à chance de receber familiares nos dias de folga, de preferência em uma região com o clima ameno. Justamente por isso, Sochi desponta com o destino perfeito para os pentacampeões mundiais.

“As coisas estão muito bem encaminhadas. Faltam mais coisas burocráticas, mas está tudo muito bem alinhado. Em conversa com o professor Tite, traçamos algumas estratégias de escolhas. O que seria importante? Primeira característica é estrutura de trabalho, porque nem todos te atendem em 100%. Eu, conversando com o professor, como vamos estar muito tempo juntos, precisamos de um lugar que tenham bem-estar, porque o jogo em si você viaja, joga e volta. Em Sochi tem toda a estrutura, um ambiente agradável”, afirmou Edu Gaspar no programa Bem, Amigos, do SporTV.

Sede dos Jogos Olímpicos de Inverno, em 2014, Sochi herdou como legado uma grande estrutura esportiva. Neste ano, foi uma das cidades russas que receberam jogos da Copa das Confederações, evento-teste para a Copa do Mundo do ano que vem. O clima mais ameno em relação às outras localidades do país também é um dos fatores que acabaram aproximando a Seleção Brasileira do balneário.

“Dar uma estrutura para os familiares é um dos objetivos. Vai ter momentos em que é bom estar com o filho, com a mãe, com a esposa, e a gente quer proporcionar tudo isso. Na Fifa você tem que colocar o nome na prioridade e na segunda prioridade. Aí você faz um estudo, vê quem pode se classificar [para a Copa do Mundo]. Não adianta eu ficar como segundo na prioridade de um local que tem a Alemanha como primeira, porque as chances de a Alemanha se classificar para a Copa são muito grandes”, completou o coordenador de seleções da CBF.

Deixe seu comentário