Corinthians tenta primeira vaga internacional de Itaquera

Tomás Rosolino - São Paulo,SP

26-07-2017 08:02:58


Construído em maio de 2014, o estádio de Itaquera ainda vive um período de novidades para a história do Corinthians. Nesta quarta-feira, diante do Patriotas-COL, às 21h45 (de Brasília), pela segunda fase da Copa Sul-Americana, por exemplo, o Alvinegro tentará alcançar a sua primeira classificação no local em um mata-mata válido por uma competição continental.

Apesar de ter ganhado jogos do tipo atuando dentro de casa, como a goleada por 4 a 0 sobre o Once Caldas, em 2015, e o triunfo por 2 a 0 perante a Universidad de Chile, em abril, o Timão decidiu a vaga fora de casa em ambas ocasiões. Dessa vez, o embate será em seus domínios, que até o momento ainda não conseguiram empurrar o time na busca por essa classificação.

Nas duas vezes em que esteve nesta situação até o momento, o Alvinegro acabou eliminado. A primeira foi frente ao Guaraní-PAR, nas oitavas de final da Libertadores de 2015. Pressionado por ter levado 2 a 0 na ida, o time não conseguiu mostrar poder de reação e perdeu novamente, dessa vez por 1 a 0. No ano seguinte, também nas oitavas, empatou por 2 a 2 com o Nacional-URU e, por ter ficado no 0 a 0 fora de casa, também saiu da disputa.

Conta a favor da equipe, porém, o fato de ter empatado por 1 a 1 fora de casa, resultado que lhe dá o direito de, apenas com um 0 a 0, selar sua classificação às oitavas. Além disso, os comandados de Fábio Carille conquistaram o primeiro título do estádio neste ano ao vencerem o Campeonato Paulista, diante da Ponte Preta, e sustentam agora um retrospecto de oito classificações e seis eliminações em 14 mata-matas decididos na arena.

"Nosso time em casa precisa ganhar. Tenho respeito por eles (Patriotas), mas amanhã (quarta-feira) é uma final para mim. Não só eu, na verdade, será uma final para os 18 jogadores em campo e no banco. Para nós é importante. Jogo por jogo. Mesmo quando está bem, se você tem uma coisa mal feita, pode atrapalhar tudo", avaliou o centroavante Kazim, que terá a oportunidade de substituir Jô no embate.

Deixe seu comentário