Futebol/Campeonato Catarinense

Chape vence Tubarão e segue firme na vice-liderança do Estadual

São Paulo , SP
09/02/2018 22:22:48 — 09/02/2018 22:41:50

Em: Campeonato Catarinense, Chapecoense, Futebol

A Chapecoense segue na vice-liderança do Campeonato Catarinense. Recebendo o Tubarão na noite desta sexta-feira, na Arena Condá, o time comandado por Gilson Kleina saiu perdendo, mas conseguiu buscar a virada já no final da partida e assegurar os três importantes pontos ao superar os rivais por 2 a 1 para continuar na zona de classificação à grande final do torneio, atrás de Figueirense, líder isolado com 16 pontos – a Chape tem 13.

Embora tenha atuado fora de casa, o Tubarão não se intimidou com a torcida adversária na Arena Condá e aos 18 minutos abriu o placar com Guilherme Amorim. O meia experimentou de longe, batendo forte, e venceu o goleiro Elias, que não conseguiu chegar na bola. Daí em diante, a Chapecoense martelou os adversários até conseguir o empate. Contando com Alan Ruschel como boa alternativa pela lateral-esquerdo, a equipe alviverde quase deixou tudo igual com Nadson, que aproveitou o bom cruzamento de seu companheiro para cabecear no travessão.

Apesar de possuir mais qualidade, a Chapecoense também precisou de um pouco de sorte para ir ao intervalo com a igualdade no placar. Antes de balançar as redes, Elias saiu mal do gol, porém, Jaílton não acertou o cabeceio, desperdiçando a chance de ampliar para o Tubarão. Passado o susto, coube a Rafael Tyere, aos 41 minutos, completar outro cruzamento de Alan Ruschel e estufar as redes para a Chape.

No segundo tempo o Tubarão voltou mais ligado. Confiando que poderia sair de campo com um resultado positivo, a equipe visitante exigiu grande defesa de Elias logo aos 11 minutos, que teve de se desdobrar para bloquear o arremate no contrapé. Posteriormente, aos 25, foi a vez de Bruno Silva dominar com categoria e bater tirando do goleiro, porém, seu arremate acabou defendido por Belliato, que não conseguiu repetir a dose aos 42 minutos, quando o atacante aproveitou cruzamento de Osman para estufar as redes e garantir a vitória da Chape.